Os links patrocinados são uma estratégia muito utilizada no mundo todo para divulgar produtos e serviços, aumentar o engajamento dos clientes com a marca, melhorar as vendas e até mesmo fidelizar consumidores. Tudo isso é possível a partir da exibição de anúncios em sites, sistemas e redes sociais.

Embora diversas empresas tentem utilizá-la, muitas têm dificuldades de obter bons resultados. Pensando nisso, neste post, você entenderá de uma vez por todas o que são links patrocinados, quais são as principais vantagens, as melhores plataformas e como começar a usá-las. Pronto para melhorar o desempenho da sua marca na internet? Boa leitura!

1. O que são links patrocinados

Para que você saiba como investir e ter bons resultados com links patrocinados, é necessário saber claramente o que são. Nesse sentido, saiba que se tratam de anúncios pagos, com a finalidade de aumentar suas conversões. Com a utilização de estratégias, a atenção dos usuários da plataforma é capturada para uma peça (textual, gráfica e/ou interativa) publicitária.

Utilizar as plataformas de busca é uma das formas mais utilizadas atualmente para se ter destaque. Com ela, você poderá destacar sua marca, serviços ou produtos para pessoas que estão buscando por eles naquele exato momento.

Além disso, é possível veicular sua marca em redes sociais e sites de grande acesso. Assim, você capturará pessoas que tenham o perfil da sua empresa, mesmo que elas não estejam procurando por determinado item ou serviço no momento em que entram em contato com seus anúncios.

Ou seja, com os links patrocinados, é mais fácil e rápido fazer com que suas páginas atraiam mais pessoas, aumentando a chance de informar os usuários, receber mais leads e aumentar as vendas. Se interessou? Veja agora mais alguns motivos para investir em mídias pagas.

2. Por que investir em links patrocinados

Segundo dados do Google, pelo menos 2 trilhões de pesquisas são realizadas todo ano na plataforma. Sendo assim, pode-se entender que, agora, diversas pessoas estão fazendo buscas sobre serviços e produtos como os que você comercializa.

Por outro lado, as redes sociais também estão em pleno vapor. Em 2017, por exemplo, o Facebook alcançou o número de 2 bilhões de usuários ativos. Por isso, as redes são uma boa forma de sua empresa encontrar o público que deseja.

Como você viu, tanto as ferramentas de busca como as redes sociais são estratégias interessantes para sua empresa. Nesse cenário, as mídias pagas são úteis para que sua marca seja propagada nos mais variados canais, aumentando a exposição dos serviços e produtos e melhorando a forma como a sua empresa compete no mercado.

Além disso, os links patrocinados são importantes para que sua campanha tenha resultados mais previsíveis, uma vez que você investirá para atingir os objetivos. Os lucros obtidos de pesquisas orgânicas (naturais, sem pagar anúncio) são bem-vindos e interessantes, porém, com uso de mídia paga, é possível prever qual será o número de cliques e conversões.

Adicionalmente, os orgânicos podem sofrer grandes alterações, dependendo do dia e de movimentações de mercado.

3. Benefícios dos links patrocinados

Utilizar links patrocinados é uma estratégia muito utilizada no marketing digital. Por pelo menos 15 anos, eles auxiliam diversas marcas a serem encontradas nos mecanismos de busca, redes sociais e sites. Veja agora 5 grandes motivos para começar a usar essa estratégia na sua empresa.

Aumentam a visibilidade de sua marca

Um dos grandes benefícios para investir nas mídias pagas é aumentar a visibilidade da sua marca na internet. Isso se deve à gama de possibilidades que você tem para anunciar seus produtos e serviços, garantindo que sua empresa esteja presente em milhares de blogs e sites, além das redes sociais selecionadas.

Dessa forma, é mais fácil que sua estratégia torne sua instituição mais conhecida no mercado, fazendo com que sua empresa tenha maior força para competir com a concorrência.

Os links patrocinados garantem maior flexibilidade

Ainda que o processo de criação seja bem realizado, toda estratégia de marketing precisa de ajustes para que a eficiência das campanhas seja aumentada.

Diferentemente do que normalmente acontece com outras estratégias, as mídias pagas permitem que ajustes finos sejam realizados na campanha, sempre que for necessário ou que você desejar. Para melhorar, os resultados e o andamento da sua estratégia não serão afetados. Entre outros detalhes, é possível alterar:

  • os textos dos anúncios;
  • palavras-chave utilizadas;
  • orçamento empregado;
  • escolha de público-alvo por meio de segmentação.

Aumentam a velocidade dos resultados

Outra estratégia interessante é o SEO (Search Engine Optimization), uma estratégia para otimizar os sites para os mecanismos de busca, como o Google. O ponto fundamental a ser ressaltado é que é necessário ter um projeto em médio e longo prazo para ver os resultados de forma mais satisfatória.

Por isso, é interessante utilizar links patrocinados, uma vez que os resultados aparecem assim que o anúncio é criado, veiculando a publicidade da marca nos resultados da busca, redes sociais ou sites parceiros (de acordo com a escolha efetuada e com os objetivos empresariais).

Possibilitam várias formas de segmentações

Destacam-se também as várias opções de segmentações que estão disponíveis para os usuários de mídias pagas. No momento de criar seu anúncio, você pode definir critérios como:

  • as palavras-chave que serão utilizadas para ativá-lo;
  • regiões em que aparecerão;
  • os horários em que serão visualizados
  • navegadores.

Tudo isso é útil para que seus anúncios fiquem mais personalizados, atraindo com mais propriedade os visitantes, uma vez que você selecionará o público-alvo mais adequado para seus serviços e produtos. Dessa forma, a eficiência da sua estratégia será maior.

Tornam fácil a possibilidade de mensurar os resultados

Depois de ver todos os benefícios destacados até aqui, você também se surpreenderá agora. Diferentemente dos principais meios offline, é possível que você tenha informações em tempo real da performance das suas campanhas, entendendo o quanto elas estão colaborando para o aumento do número de conversões, vendas e lucro da marca.

Sendo assim, você terá diversos indicadores de desempenho para avaliar se as suas estratégias estão atingindo os objetivos traçados. Além disso, assim, ficará mais fácil fazer adaptações para que seus resultados fiquem ainda melhores.

4. Principais plataformas de links patrocinados

Agora que você já entendeu o que são links patrocinados e quais são as principais vantagens, veja agora algumas das plataformas mais utilizadas para você divulgar sua marca. Confira!

Google Adwords

Google AdWords é uma das melhores plataformas de links patrocinados existentes no momento e uma das maiores fontes de lucro da empresa. Em 2016, quase 90 bilhões de dólares vieram do seu serviço de publicidade.

Ele permite que os anunciantes criem anúncios para serem propagados na sua rede de pesquisa, em sites proprietários (Gmail, YouTube e Blogger) e em milhares de páginas parcerias cadastradas no Google Adsense para veicular publicidade.

Rede de Pesquisa

Com a rede de pesquisa, você veiculará anúncios de texto nas buscas que os visitantes fizerem na plataforma de pesquisa. Para tanto, você precisa definir quais são as palavras-chave (termos de pesquisa) que ativarão seu anúncio.

Para fazer isso, utilize ferramentas como o Planejador de palavras-chave do próprio Google AdWords. Com ele, você compreenderá se os termos pensados têm baixa concorrência (quanto menor melhor) e muitas buscas (quanto maior melhor).

Outra característica importante é segmentar os usuários. É possível fazer com que seu anúncio seja exibido apenas para pessoas que estejam próximas da sua empresa. Além disso, você pode inserir seu endereço, para que elas saibam como se aproximar de seu local, e até mesmo o telefone da instituição.

Rede de Display

A Rede de Display do Google AdWords exibe publicidades em sites de sua propriedade e de milhares de parceiros. Diferentemente da Rede de Pesquisa, você pode criar anúncios com textos, imagens, vídeo e até mesmo interativos.

É importante definir quais serão os canais em que suas publicidades serão exibidas, isto é, compreender quais os tipos de página em que as publicidades serão mais agradáveis aos usuários.

As opções de segmentação também são variadas. Você pode fazer peças publicitárias apenas para usuários que usam dispositivos móveis, fazendo com que seus anúncios sejam ainda mais personalizados.

Inclusive, é possível deixá-los ainda mais atrativos, segmentando por idiomas, localizações, dispositivos, navegadores, idade e gênero.

Por fim, sabe aquele produto que você quase vendeu, mas a pessoa deixou no carrinho de compras? Com uma estratégia chamada remarketing, é possível exibir um anúncio personalizado para que a pessoa se lembre dos itens ou veja uma relação de produtos parecidos.

Facebook Ads

Outra forma de atingir seus usuários é utilizar a plataforma da maior rede social do momento, o Facebook. Com ela, é possível exibir publicidades interessantes para os usuários da rede e atraí-los para conteúdos relevantes em sua página, site ou landing page.

Normalmente, quando uma pessoa utiliza as redes sociais, ela deseja diversão, comunicação com seus amigos e parentes, além de receber notícias de áreas que ela julga interessante. Dessa maneira, muitas vezes, suas criações devem considerar isso, fazendo com seus anúncios sejam mais valorosos e relevantes ao dia a dia do seu público-alvo.

Melhor do que impulsionar

Muitas empresas utilizam o botão “impulsionar agora” para fazerem com que determinadas publicações sejam exibidas para mais pessoas. Todo o processo é rápido e fácil, o que faz com que poucos minutos sejam necessários para que seu post seja exibido mais pessoas.

O problema disso é permitir poucas opções de segmentação e configuração de posts, se comparada com as opções disponíveis na ferramenta completa para criação e gerenciamento de anúncios. Dessa forma, você terá maior controle das suas campanhas, tendo mais informações para otimizar suas campanhas e diminuir os custos.

Possibilidades de segmentação

Uma das situações mais interessantes do Facebook Ads é a forma com que ele permite que você segmente seus usuários. Veja algumas formas de fazer isso.

  • audiência principal: com ela, seus anúncios têm acesso a dados demográficos (como localização, estilo de vida, característica de compra etc.). Todas essas informações são recebidas por meio do perfil dos usuários e dos comportamentos que eles têm ao utilizar a plataforma;
  • audiência similar: se você já tiver uma lista de consumidores e usuários com os quais sua empresa possui contato e têm as características que a sua marca procura, é possível encontrar pessoas que tenham o perfil e hábitos parecidos. Como o próprio nome sugere, essa nova audiência é similar à que você já tem.

Facebook Exchange

Você pode utilizar plataformas externas (também chamadas de DSP ou Demand Side Platform) para compreender com mais exatidão as características dos usuários fora da rede social e usar tais dados para fazer com que seus anúncios fiquem mais interessantes e relevantes para seu público.

Partner Categories

Para aumentar as possibilidades de segmentação, o Facebook também faz algumas parcerias com empresas que contam como seus usuários agem fora da plataforma. Dessa maneira, você conseguirá personalizar ainda mais suas criações.

Utilização do Pixel

Por fim, a cereja do bolo é o Pixel. Ele nada mais é do que um código instalado em suas páginas. Mais do que não comprometer o rendimento ou carregamento do seu site (pelo seu tamanho e formato), isso ajuda no papel de rastrear as visitas, conversões e outras atividades dos usuários.

Além de ajudá-lo a entender como seus usuários estão interagindo com suas páginas, ele é útil para auxiliá-lo a criar um público personalizado. Assim, é possível segmentar apenas pessoas que abriram certa página ou visitaram algum produto específico.

De forma parecida com o Google AdWords, portanto, você poderá criar sua estratégia de remarketing e exibir anúncios personalizados para os usuários da rede.

Instagram Ads

O Instagram Ads é a plataforma de publicidade dessa rede social. Com ela, você poderá patrocinar posts em vários formatos, como vídeos, fotos e carrossel de imagens. Como nos sistemas já vistos, é possível utilizar o sistema de mídia paga para gerar tráfego, conversões, instalações de aplicativos etc.

Segmentações

Aqui, também é possível usar diversas segmentações. Veja algumas possibilidades:

  • idade e gênero;
  • geolocalização;
  • interesses gerais (como esportes, tecnologia e música) e de consumo;
  • dispositivos e sistemas utilizados para acesso;
  • situações de vida (estudando, casado, trabalhando);
  • públicos personalizados (listas de contatos, usuários que tenham feito alguma ação no website).

Um ponto positivo de anunciar no Instagram é utilizar a mesma plataforma de anúncios do Facebook. Desse modo, você poderá adicionar, editar e removê-los facilmente de ambas as redes sociais. Além disso, você não precisará perder muito tempo aprendendo a usá-la, já que o esforço empregado para manusear o Facebook Ads pode ser o suficiente.

LinkedIn Ads

Como você sabe, o LinkedIn é uma rede social voltada ao uso profissional. Diferentemente das outras, aqui, as pessoas desejam compartilhar conhecimento, procurar ou oferecer novos empregos e interagir diretamente com empresas.

Em 2017, o LinkedIn ultrapassou o número de 29 milhões de usuários só no Brasil e vem ganhando mais e mais adeptos. Por isso, utilizar a plataforma de anúncio da empresa pode ser uma boa estratégia para seu negócio, aproveitando o grande volume de internautas que utilizam a rede.

Há duas grandes formas de alcançar os usuários do LinkedIn. O primeiro deles, o Sponsored Stories, se parece com a possibilidade de impulsionar uma postagem específica do Facebook. Nela, você pode usar uma publicação e promovê-la para o público que desejar.

Outra possibilidade é utilizar o Text Links, espaço que está normalmente à direita, e fazer um anúncio simples. Nesse caso, você pode compará-los com os anúncios laterais do Facebook ou uma publicidade do Google AdWords.

Outros formatos

Se você quiser utilizar outras plataformas, é possível investir no YouTube. Para isso, basta integrar sua conta com o Google AdWords, planejar uma estratégia e definir o orçamento. Não se esqueça também de que o Twitter ainda está firme e forte. Sendo assim, usar o Twitter Ads pode ser interessante para seu negócio.

Isso não é tudo! Se você quer sair do domínio do Google e Facebook, você pode experimentar anunciar no Bing ou Yahoo, por exemplo. Para isso, utilize a Yahoo Bing Network, empresa criada para aumentar a competitividade com os concorrentes.

Por fim, se você quer eficiência e qualidade, não deixe de conferir o AdRoll. Com ele, é possível distribuir anúncios pagos em diversas plataformas como Facebook, Google, Yahoo, entre outras. Fazendo isso, sua instituição consegue aumentar a visibilidade sem se preocupar em aprender a usar diversas plataformas.

Sua principal utilização está ligada à interação com usuários que já visitaram seu site e se envolveram de alguma forma com a sua marca, tendo mais chances de converter.

5. Formatos de anúncios em links patrocinados

Há diversas formas de anunciar em plataformas de mídias pagas. Vale lembrar que, dependendo da opção selecionada, cada plataforma possui restrições aos formatos permitidos. Confira a seguir as principais maneiras de expandir sua marca e atrair mais pessoas.

Texto

O anúncio em texto é mais utilizado em pesquisas. Portanto, sua publicidade se parecerá com um resultado de busca orgânica, aumentando as chances de que o internauta o considere como uma resposta para as perguntas da sua busca.

Imagens

Você já ouviu falar que uma imagem vale por mil palavras, não? Aqui não é diferente. As imagens podem facilmente inspirar os usuários a tomarem a ação que você deseja, mostrar com mais propriedade as características dos seus produtos e serviços e captar melhor a atenção dos internautas.

Vídeos

Os vídeos são importantes para aumentar o engajamento das pessoas com sua marca. Além disso, em redes sociais como o Facebook, proporcionam maior alcance orgânico. Sendo assim, é uma ótima forma para aumentar a interação com os internautas e, de quebra, fazer com que mais pessoas vejam sua publicação de forma natural,.

Anúncios Interativos

Por fim, os anúncios interativos (como um carrossel de imagens) apresentam informações a partir das movimentações dos usuários. Eles são úteis para que os usuários vejam vários produtos ou serviços de uma única vez, aumentando as chances de se identificarem com pelo menos um dos itens mostrados.

6. Como começar a investir em links patrocinados

Agora que você já tem as principais informações das plataformas de mídias pagas, está na hora de saber quais são os próximos passos. Veja agora!

Planejamento

Antes de tudo, você deve planejar sua estratégia. É tentador começar a investir e fazer suas campanhas do seu jeito, porém, isso não é recomendável. Como os links patrocinados envolvem investimento, é importante que você aja com sabedoria para que cada centavo seja revertido, ao máximo possível, em leads em conversões.

Muitas empresas têm dificuldades para realizar um bom planejamento. Se esse é seu caso, contrate uma agência de marketing. Ela auxiliará sua instituição a compreender quais são as suas principais necessidades e como alcançar as metas traçadas. É importante definir:

  • quais são os objetivos da sua campanha (aumentar tráfego, gerar leads ou conversões);
  • quais plataformas estão adequadas ao público da sua marca;
  • quanto será investido em cada uma;
  • qual linguagem é adequada para que os anúncios sejam interessantes e relevantes;
  • qual é o seu público-alvo e como segmentá-lo em cada rede corretamente;
  • em quanto tempo as metas devem ser cumpridas;
  • quais são os indicadores mais importantes para avaliar o sucesso do seu negócio.

Execução

Depois de definir os detalhes das suas campanhas, você estará apto para decidir os aspectos mais importantes da sua campanha. É interessante que, no início, você invista pouco. Dessa maneira, você saberá se a campanha criada é escalável. Lembre-se de que dificilmente uma campanha que não gera lucro com um investimento pequeno vai ser lucrativa caso ele seja grande.

Monitoramento e Otimização

Após criar seu anúncio, observe durante algum tempo quais são os lucros que você está obtendo. A partir disso, tente compreender em quais plataformas você tem obtido maior sucesso. Assim, será mais fácil para que sua empresa decida em quais ela deve investir mais e quais os resultados estão aquém do esperado.

`Use as melhores métricas para mensurar os resultados, como:

Vale lembrar que elas devem ser utilizadas de acordo com os objetivos da campanha, definidos na etapa de planejamento.

Como você viu até aqui, para trabalhar com os links patrocinados, você deve traçar quais são as principais metas da sua marca, além de determinar o que será necessário para cumpri-las. Além disso, é importante ter conhecimento para manipular as plataformas e um olhar clínico para perceber como os lucros podem ser otimizados.

Vale lembrar, porém, que investir em links patrocinados é apenas uma parte da estratégia de marketing digital. Otimizar as suas páginas para obterem melhores resultados nos mecanismos de busca também é importante. Assim, sua marca obterá visitantes que estão pesquisando no momento sobre os serviços e produtos oferecidos pela sua página.

Quer saber mais sobre isso? Confira agora como você pode alcançar o topo do Google. Esperamos por você!