5 técnicas de Copywriting para seu blog converter mais

Autor Convidado

5 minutos de leitura

A transformação digital exige que as empresas busquem por estratégias e processos ainda mais eficientes. Isso não é diferente quando falamos em produção de conteúdo e conhecer algumas técnicas de Copywriting pode ser um diferencial para tornar os seus textos ainda mais eficientes em busca de mais conversões.

 

Dentro do Marketing Digital, existem inúmeras soluções e estratégias que podem potencializar o desempenho das suas ações. Em um momento marcado pela concorrência cada vez mais forte e um perfil mais exigente dos consumidores, é fundamental ser preciso na hora de se comunicar e, por isso, as técnicas de Copywriting são importantes.

Afinal, se você quer aumentar as chances de entregar os resultados que a empresa espera da sua equipe, é importante encontrar maneiras de potencializar a eficiência do seu plano de Marketing. Ou seja, utilizar recursos, ferramentas e conceitos para se assegurar de que aquela ação vai, de fato, gerar algum impacto positivo para alcançar as metas estipuladas.

Com a utilização das técnicas de Copywriting, pode ser muito mais fácil conseguir uma conversão para o seu blog, por exemplo. Que tal, então, conhecer quais práticas podem fornecer essa ajuda e quais as vantagens de aplicar esse conceito dentro do seu planejamento estratégico? Continue a leitura para tirar as suas dúvidas!

O que é copywriting?

Apesar da ideia que o termo “copy” cópia possa transmitir em uma tradução literal, Copywriting nada tem a ver a imitação ou simples reprodução de um texto similar. Na prática, é uma forma de escrita que busca convencer o usuário a realizar alguma ação após a leitura de um texto, seja em um post nas redes sociais, seja em uma landing page.

O processo de produção textual, portanto, deve ser voltado para um único objetivo: fazer com que o leitor realize uma determinada ação, ou seja, convencê-lo de que aquele CTA (call-to-action) pode, de fato, ser importante para ele. Afinal, não basta apenas esperar que o usuário tome uma decisão por conta própria, é preciso incentivá-lo com a escrita.

Quantas vezes você não estava lendo um texto na Internet e se deparou com uma indicação para “assinar uma newsletter” ou “entrar em contato com a empresa”? Esses exemplos de CTA’s são, na prática, reflexo de técnicas de Copywriting, já que todo aquele texto foi pensado em convencer o leitor a realizar determinada ação.

Em resumo, o Copywriting consiste em utilizar gatilhos e uma linguagem mais persuasiva para despertar um maior interesse do usuário sobre aquele assunto e, consequentemente, incentivá-lo a realizar alguma ação que seja do seu interesse. Portanto, de forma mais direta, o texto vai ser construído pensando na conversão daquele leitor.

Qual é a importância e as vantagens de adotar essa estratégia?

Para superar a concorrência e garantir a atenção do usuário, não basta investir apenas em mídias pagas, por exemplo, é preciso encontrar estratégias orgânicas que gerem mais leads para o seu negócio. O Marketing de Conteúdo é uma dessas maneiras e o trabalho pode ser otimizado com o uso de algumas técnicas de Copywriting.

Além de ser uma estratégia extremamente eficiente para fortalecer a relevância da sua marca, também é possível conseguir resultados satisfatórios a partir dela. O principal benefício do Copywriting é justamente aumentar as chances de conversão, criando uma relação mais próxima com o usuário e usando as palavras certas para alcançar suas metas.

Afinal, a Internet está repleta de conteúdos e outros materiais e você precisa fazer com que a sua produção consiga se destacar e se tornar realmente útil para o usuário. Com uma escrita voltada para a conversão, a tendência é que isso se torne mais fácil, conseguindo atrair o leitor desde o título até a ação final que você quer que ele faça.

As técnicas de Copywriting, portanto, servem como ferramentas para tornarem as suas ações de Marketing Digital ainda mais precisas e eficientes. Apenas atrair e engajar os usuários não é o suficiente e esse conceito traz uma maior eficiência para o seu trabalho, estimulando uma atitude do leitor e, assim, aumentando as suas chances de sucesso.

Quais são as 5 melhores técnicas de copywriting?

Agora que você já entendeu a importância de aplicar esse conceito ao seu planejamento, que tal conhecer algumas técnicas de Copywriting que podem tornar os seus textos ainda mais convincentes? Separamos cinco práticas que vão ajudar você a potencializar os seus resultados, seja com email marketing, seja com o seu blog. Confira!

1. Saiba com quem está falando

Uma das práticas mais importantes para garantir que o trabalho de Copywriting seja, de fato, eficiente é saber com quem você está lidando.

Ou seja, qual é o público-alvo que você pretende atingir? Um passo interessante é definir uma persona para o seu negócio, um perfil semi fictício mais completo sobre quem é o seu cliente ideal.

Dessa forma, você tem as informações necessárias para saber, por exemplo, qual o tom utilizado e o que aquele usuário realmente está procurando. Ao saber quais são as suas dores, preferências e objetivos, o trabalho do copywriter é facilitado, podendo direcionar a produção de conteúdo para o que o leitor mais considera importante.

Ao se identificar com o que está escrito, a tendência é que ele se sinta mais à vontade para realizar a ação que você espera. Ou seja, isso acaba aumentando as suas chances de conseguir a conversão. Esse conhecimento prévio sobre quem está lendo vai guiar todo o trabalho de escrita e, consequentemente, tornar a sua estratégia mais precisa.

2. Utilize um padrão de construção de texto

Seguir uma estrutura de texto pode, além de otimizar o tempo de produção, tornar essa tarefa mais precisa. Utilizando uma mesma fórmula, por exemplo, garante que você sempre escreva os pontos fundamentais para conseguir a conversão. Uma dessas técnicas é o PPVA, que lista o que deve ser abordado: Problema, Vantagens, Prova e Ação.

Na prática, apresenta um problema que o leitor está enfrentando, os benefícios e vantagens que a resolução dessa situação pode trazer e, em seguida, como o seu produto e/ou serviço pode solucionar esse caso com dados, números ou exemplos. Depois, é hora de colocar um CTA e incentivar o usuário a realizar determinada ação.

3. Evite palavras desnecessárias

Por mais que não exista uma definição precisa sobre a quantidade de palavras que é mais eficiente em busca de conversões são inúmeros os fatores que influenciam esse resultado , uma coisa é certa: é fundamental ser direto ao ponto. Afinal, estudos mostram que o período médio de atenção do humano é cada vez menor.

Ou seja, você precisa passar as informações de forma direta e sem muita enrolação, evitando que o leitor se canse daquele texto e destine o seu tempo e atenção para a sua concorrência, por exemplo. Por isso, foque na produção do conteúdo que realmente seja útil para o usuário, aumentando o seu interesse e as chances de conversão.

4. Comprove os seus argumentos

Como estamos falando de convencimento, é preciso passar credibilidade para o seu texto e essa é uma das técnicas de Copywriting mais importantes para conseguir a conversão daquele usuário. Ao colocar uma referência uma pesquisa, relatório ou estudo para justificar aquela ideia, o usuário sabe que aquela informação não foi inventada.

Quer um exemplo? Você confiaria mais nesse texto se eu escrevesse que “o Marketing de Conteúdo é utilizado porque tende a converter mais” ou se mostrasse que a pesquisa Content Trends 2019 indica que, em média, as empresas que adotam essa estratégia têm 1,3 vezes mais visitas e 1,4 vezes mais leads do que as outras? Essa informação passa mais credibilidade, certo?

5. Crie uma voz e um padrão para os seus textos

Outra técnica de Copywriting que pode ser importante para aumentar as suas chances de conversão é a criação de uma voz, tom e padrão para os seus textos. Esse conceito é conhecido como Brand Voice e ajuda a aproximar a sua marca do consumidor. Um texto mais técnico e burocrático pode se tornar mais interessante com a linguagem certa.

Detalhes como esse acabam influenciando diretamente na experiência do usuário, sendo um atrativo para que ele confie no que você está falando. O conteúdo, portanto, acaba se tornando mais persuasivo, aumentando as chances do leitor seguir aquela indicação e baixar um material, assinar uma newsletter ou preencher um formulário.

As técnicas de Copywriting são muitas e, portanto, alguma delas pode ser extremamente útil para o seu planejamento. A tendência é que você consiga potencializar a eficiência das suas ações, adotando uma linguagem mais próxima do que o usuário espera e, consequentemente, mais persuasiva para que ele siga as suas sugestões ao longo do texto.

Quando empregadas corretamente, as técnicas de Copywriting influenciam diretamente processo de decisão do leitor, certo? Mas existem outras maneiras eficientes de aumentar o poder de persuasão das suas ações e campanhas de comunicação. Que tal, então, descobrir o que são gatilhos mentais e como utilizá-los na sua estratégia de Marketing!

Conteúdo produzido pela Rock Content.

Posts Relacionados