Monitoramento da concorrência: 8 ferramentas que você precisa conhecer!

Oscar Sigaki

7 minutos de leitura

Diversas empresas olham para seus principais concorrentes com medo ou os tratam como um sonho de uma noite de verão. Algumas vezes, eles têm mais clientes e maior orçamento para trabalhar com marketing. Ou pior! As vezes nosso concorrente é menor, tem menos orçamento e mesmo assim colhe melhores resultados!

A boa notícia, porém, é que você não precisa mais temer os seus concorrentes. Existem ferramentas de monitoramento da concorrência que vão lhe ajudar a entender melhor a estratégia deles, focando no que já está dando certo e aprimorando ou evitando o que está dando errado!

Com elas, você conseguirá observar o que seus concorrentes fazem de bom, de modo que possa rever parte da sua própria estratégia. Isso não significa que você copiará alguma empresa. Ao contrário, buscará entender tendências que serão úteis na execução de seu plano, adaptando-as ao seu público-alvo e aos ideais da sua instituição. Assim, você terá mais chances de vender mais e ter maior lucro. Isso é marketing de performance!

Como o monitoramento da concorrência ajuda sua empresa?

Se você entende que sua empresa tem muito o que aprender, monitorar sua concorrência é um dos melhores meios para entender quais são os pontos que merecem sua atenção, além de descobrir como as outras empresas têm resolvido seus problemas ou aproveitado oportunidades. Vale ressaltar que nem sempre se deve consultar apenas concorrentes diretos.

Em algumas situações, você verá que os destaques do seu segmento são empresas que estão em outros estados ou têm estratégias distintas da sua. Então, ver os pontos que fazem com que ela se destaque será um grande diferencial competitivo no mercado e aumentará as oportunidades de crescimento do seu negócio. Tudo isso faz parte de uma verdadeira mente empreendedora!

Um desses diferenciais está em levantar alguns insights que sua equipe não teve quanto às necessidades de seus clientes, bem como a formas bem-sucedidas para se comunicar com o público. Dessa forma, é possível monitorar desde os processos iniciais da jornada de compra até a forma com que as marcas têm lidado com o pós-venda e a fidelização de clientes.

Você não quer ficar fora dessa, não é mesmo? Então, veja, agora, quais são as ferramentas mais utilizadas e comece já a aprender com seus concorrentes.

Quais são as principais ferramentas de monitoramento?

Embora seja possível fazer uma pequena análise da sua concorrência visitando os sites e as redes sociais, para obter melhores resultados, você precisará de ferramentas mais completas. Conheça, aqui, 8 ferramentas que podem ajudá-lo na sua estratégia de marketing digital!

1. SEMrush

É difícil falar de monitoramento da concorrência e não mencionar o SEMrush. Essa ferramenta ajudará você a dominar a forma com que os concorrentes têm feito SEO. Como a ferramenta é abrangente e completa, é possível usá-la para compreender diversos aspectos das estratégias dos concorrentes.

Após entrar no sistema e digitar o endereço desejado, você verá a tela principal com diversas possibilidades, como:

  • visão geral do domínio (acessos orgânicos, acessos pagos, backlinks, distribuição por posição nos resultados de busca);

  • as palavras-chave orgânicas e pagas mais utilizadas e/ou que geram mais resultados (acessos);

 

 

 

  • as principais fontes de tráfego para o domínio e comparação com concorrentes;

 

 

 

  • a compreensão de como esses termos ranqueiam na pesquisa (qual o posicionamento nas pesquisas);
  • os principais concorrentes orgânicos dessa empresa;
  • os backlinks obtidos;
  • as landing pages que o site tem;
  • o tráfego de busca distribuído por marcas;
  • comparação do volume de palavras-chave indexadas por concorrentes.

Essa quantidade de dados está disponível gratuitamente. O SEMrush oferece 10 requisições sem você precisar ser assinante! Com tudo isso, é possível compreender um pouco da estratégia utilizada pelo concorrente para estar nas primeiras posições dos mecanismos de pesquisa. Você almeja isso também, não é?

2. Google Alerts

Quer uma ferramenta que mostre informações dos concorrentes enquanto você lê seus e-mails? Então, não deixe de conferir o Google Alerts. Essa ferramenta, que é muito fácil de ser utilizada, envia relatórios diretamente para sua caixa de e-mails. Nesses documentos, você poderá ser avisado todas as vezes que determinado concorrente receber uma citação (em texto ou em link). Além disso, também será possível monitorar palavras-chave, cabendo a você escolher o que deseja rastrear.

Algumas das várias opções com essa ferramenta são:

  • ver em que canais seus competidores estão aparecendo (backlinks);
  • monitorar o que tem sido dito sobre sua empresa, facilitando o suporte aos usuários, independentemente de onde eles estiverem;
  • pesquisar as palavras-chave mais utilizadas, mostrando quais são os assuntos de destaque no momento (você pode aproveitar a oportunidade e produzir conteúdo sobre o tema, não é mesmo?).

 

Para completar o pacote, a ferramenta é gratuita. Aproveite!

3. SocialMention

Esse recurso é ideal se você quer focar em redes sociais, vídeos e blogs. Ele mostrará tudo quanto está sendo discutido sobre determinada palavra-chave ou empresa. É possível ver a frequência que o termo aparece, além de se inscrever em um feed de notícias e ser avisado sempre que uma nova menção acontecer.

Embora o uso da ferramenta seja similar ao Google Alerts, aqui é possível fazer uma análise do que está sendo dito em diversas redes sociais, por meio de uma análise cruzada. Como a ferramenta do Google, o SocialMention é gratuito.

4. Planejador de Palavras-chave do Google

Ainda que essa ferramenta não sirva, exatamente, para fazer uma análise da sua concorrência, você poderá encontrar dados importantes a respeito dos seus concorrentes. É possível:

  • procurar por ideias de palavras-chave e ver qual o lance sugerido pelo Google para que seu anúncio apareça na primeira página dos resultados de busca;
  • ter acesso a um histórico estatístico do volume de buscas mensais;
  • ter acesso ao percentual de buscas entre desktop e mobile;
  • ver qual é a performance de uma palavra-chave.

 

Ou seja, uma vez sabendo quais são as palavras-chave utilizadas pelos concorrentes, você entenderá melhor como é a performance e preço desse termo. Quer usar a ferramenta, considerada uma das melhores do mercado? Basta fazer um cadastro gratuito no Google AdWords!

5. SimilarWeb

Analisar o tráfego é uma tarefa importante quando se deseja comparar os sites dos concorrentes. Com o SimilarWeb, é possível descobrir o tráfego mensal de uma página e entender quais são os canais que mais trazem usuários, ou seja, saber de onde esse público vem.

 

 

6. Pro Rank Tracker

Você já viu como analisar as palavras-chave que melhor ranqueiam no Google, não é mesmo? Porém, é possível utilizar uma ferramenta para que esse trabalho seja mais eficiente. Ela é o Pro Rank Tracker! Com ela, você pode digitar o endereço do seu concorrente, um grupo de termos e ver como é o ranqueamento.

Na versão gratuita, você poderá pesquisar 20 palavras-chave e 2 URLS. É possível escolher em qual mecanismo de busca você deseja fazer o teste, além de optar por um local para a busca (o que pode ser uma importante estratégia de SEO para negócios locais).

7 .Ferramenta de SEO -Neilpatel

A ferramenta permite que você faça uma análise completa de SEO, comparando a performance de 4 empresas, pontuando o que você precisa modificar para melhorar seu ranqueamento. Além disso, com o relatório de conteúdo, você verá quais são os artigos mais populares da concorrência e do seu próprio blog. Assim, será mais fácil fazer conteúdos virais.

8. Siteliner

Com o Siteliner, você terá acesso aos principais problemas que afetam sua classificação nos mecanismos de busca, como conteúdo duplicado e links quebrados. O sistema também identifica quais são as páginas mais bem-sucedidas nos mecanismos de pesquisa e levam esses dados em consideração ao analisar a sua página.

Um item que eu gosto muito de analisar com essa ferramenta é a média de palavras dos artigos de blog dos concorrentes, pois essa informação nos mostra o tamanho dos artigos que devemos escrever para passar a frente de um concorrente que já utiliza da estratégia de marketing de conteúdo.

Agora que você já sabe utilizar as ferramentas de monitoramento, está na hora de colocar a mão na massa. Verifique quais delas são mais úteis para sua estratégia e comece a extrair seu potencial. Algumas delas têm limitações, quando utilizadas gratuitamente. Considere, assim, adquirir as versões pagas, se elas forem realmente úteis para seu negócio. O que pode parecer gasto hoje, talvez se mostre um grande investimento no futuro!

Quer receber dicas na sua caixa de entrada? Então, assine agora mesmo nossa newsletter e tenha sempre material exclusivo no seu e-mail!

 

Confira nosso e-book e saiba tudo sobre Marketing Digital de Performance!

Marketing digital de performance o manual definitivo

Posts Relacionados