Você já ouviu falar em SEO local? Ainda não sabe o que é SEO? Pode-se dizer que as práticas de SEO determinam o alcance que o site de sua empresa atingirá na internet. O acrônimo vem do termo Search Engine Optimization, o que chamamos por aqui de otimização para mecanismos de busca, vulgo Google, Bing, Yahoo, Ask, entre outros.

Definindo de forma breve, SEO é um conjunto de estratégias de otimização que eleva o posicionamento de uma página a cada resultado de pesquisa. Com o bom uso de palavras-chave, tendo em mãos boas ferramentas e algumas noções de HTML, já é possível fazer com que um site consiga boas posições no ranqueamento do Google.

Agora que temos uma definição de SEO fica mais simples entender o que é SEO local, não é mesmo? São estratégias voltadas para melhor atingir um público concentrado em uma determinada localidade, o que pode significar um estado, uma região ou município, por exemplo.

Para aprender mais sobre o assunto e entender como que manter o foco em abrangência mais limitada pode contribuir para o seu negócio, continue lendo o nosso post!

Como o SEO local funciona?

Trabalhemos em cima de uma suposição a partir de agora. O personagem em questão se chama João, dono de um foodtruck que planeja proporcionar um complemento ao seu negócio, passando a trabalhar também com atendimento on-line para retiradas no balcão.

Para João, a ideia de competir nacional ou globalmente por um espaço na Web não é interessante, afinal, as entregas só poderão ser feitas dentro do município, ou, no máximo, no município vizinho.

Sendo assim, competir em âmbito local é muito mais vantajoso pela concorrência potencialmente menor, e esse fator acaba reduzindo o valor de investimento. Além desses diferenciais, o SEO local retornará a João resultados muito mais relevantes e precisos em um espaço de tempo muito menor.

Como aplicar estratégias de SEO local?

As práticas voltadas para SEO local são muito ligadas às redes sociais, visto que elas são o melhor meio de alcançar um público muito específico em aspectos geográficos, além, é claro, de gerarem muitas oportunidades de vendas.

Veja a seguir como integrar as estratégias a algumas mídias sociais.

Google My Business: a primeira etapa!

O primeiro passo a ser tomado por João é trabalhar me cima do preenchimento de ficha no Google My Business — ou “Google Meu Negócio”. Essa ferramenta do Google é usada por empresas que desejam disponibilizar informações a serem exibidas nos resultados de busca.

Quando buscamos um serviço muito específico, como “funilaria e pintura em Osasco”, é certo que uma série de informações sobre estabelecimentos e seus respectivos dados de contato e endereço serão exibidas — junto ao mapa — antes mesmo dos resultados “principais”. Os reviews dos clientes são muito levados em conta para que o serviço prestado pela empresa apareça nesses resultados.

É justamente essa a ideia do Google My Business, priorizar informações específicas sobre empresas que ofereçam produtos e serviços, para assim os usuários do Google conseguirem mais rapidamente o que lhe interessam. Vale ressaltar que o serviço não é simples de ser realizado e demanda um certo nível de conhecimento para gerar resultados — portanto, conte com a assistência de uma agência especializada!

Redes sociais

Criar um perfil da empresa nas redes sociais — Facebook, Instagram, Google+, Foursquare, etc — proporciona uma maior interação com o público, colaborando diretamente para a autoridade da empresa na internet.

Esse tipo de fator faz com que as mídias sociais ganhem uma relevância cada vez maior nos critérios de ranqueamento do Google, detalhe que o torna ainda mais significativo para ter sucesso com SEO local.

Você já utiliza alguma estratégia SEO no site de sua empresa? Conte-nos como tem sido sua experiência!