Os melhores gatilhos mentais para alavancar suas vendas

Isabella Villar

Isabella Villar

Graduanda em Marketing na Fatec Sebrae, é fascinada pela versatilidade da área. Faz parte do time de Inbound Marketing da Hubify e atua como Revisora de Conteúdo.

6 minutos de leitura

No mundo dos negócios, o modo como a empresa transmite uma mensagem faz toda a diferença, já que a comunicação é fundamental para convencer o cliente a comprar a sua oferta. E conquistar um público-alvo, diante da concorrência, não é fácil. Então, os gatilhos mentais e copywriting surgem como grandes aliados nesse processo, independentemente da categoria, todos têm um objetivo em comum — influenciar na tomada de decisão.

Se você ficou curioso para saber como fazer isso, fique ligado neste artigo e conheça os melhores gatilhos mentais. Boa leitura!

O que são Gatilhos Mentais?

O nosso cérebro é motivado pelas decisões que tomamos ao longo do dia, e os gatilhos mentais existem para facilitar essas escolhas no subconsciente, de acordo com nossas experiências.

O gatilho desperta uma vontade que já existia na mente, só faltava uma boa oportunidade para colocar em prática. Portanto, são mecanismos bastante utilizados no Marketing para alertar uma necessidade na mente do consumidor, por meio da mensagem que sua empresa quer passar.

O neuromarketing explica bem esse fenômeno, uma vez que ele analisa o comportamento do consumidor para elaborar estratégias mais assertivas

Aqui, é preciso destacar a importância de usar os gatilhos com moderação, já que existem empresas que abusam e acabam exagerando na abordagem, provocando impactos negativos no consumidor.

Os melhores Gatilhos Mentais em estratégias de Marketing

Agora que você já sabe qual o significado desse conceito, chegou a hora de conhecer os principais tipos e como podem ser utilizados. Vamos lá?

Prazer vs. Dor

É natural do ser humano buscar formas de evitar a dor, buscando o prazer superar as dificuldades.

Aqui, estamos falando da famosa sensação “eu mereço”, quando ganhamos uma recompensa após um esforço.

Isso é comum quando as empresas buscam vender uma experiência que vai transformar a vida das pessoas, por isso é fundamental conhecer as dores do seu público-alvo para atuar como solução. 

Exemplo: Comercial do aplicativo Ifood com a temática “Para qualquer fome”.

Escassez e Urgência

Provavelmente, você já viu por aí alguma oferta com as seguintes frases: “última oportunidade”, “promoção limitada” e “resta apenas 1 item no estoque”.

Bastante utilizados no Marketing, os gatilhos de escassez e urgência exploram o desejo de adquirir algo antes que acabe, o que tem relação com o nosso instinto de sobrevivência. Eles se baseiam em criar valor, a partir da limitação de um produto.

Exemplo: Oferta no site Dafiti com a informação de que resta apenas um item.

Fonte: Dafiti

Autoridade

Aqui, temos outro gatilho muito utilizado, já que vamos buscar referências e comparar as marcas, até escolher aquela que seja autoridade no assunto.

Mas, isso não acontece sem uma bom preparo, já que será preciso conquistar a confiança do consumidor para demonstrar que a sua empresa ganha destaque entre os demais.

Essa prática é amplamente utilizada, pois ajuda as marcas que buscam ter credibilidade no mercado para superar a concorrência. A ideia de ter um blog combina perfeitamente com isso, já que você está oferecendo um conteúdo relevante para educar seu público-alvo.

Exemplo: comercial da Apple sobre o MacBook, apresentando grandes figuras da sociedade contemporânea que utilizam o produto.

Reciprocidade

Imagino que você já tenha ouvido falar sobre Inbound Marketing, não é? O gatilho de reciprocidade e um dos pilares dessa estratégia, já que oferecemos um material rico, por exemplo, em troca do endereço de contato.

Isso também vale no varejo, com a famosa “amostra grátis” do seu produto, para retribuir com o contato ou adquirindo outro produto.

Exemplo: Landing Page da Hubify oferecendo um Material Rico

 

Prova Social

Assim como o gatilho de autoridade, aqui despertamos o sentimento de se espelhar no outro para tomar uma decisão. O homem por natureza surge para conviver como ser social e pertencer a um grupo.

As tendências surgem devido à popularização, que faz com que outras pessoas queiram o mesmo produto ou serviço. Aqui, o meio digital ganha destaque com os influencers, que divulgam a marca para influenciar os seus usuários.

O gatilho de prova social faz toda a diferença, você demonstra confiança ao usar as avaliações de clientes antigos para conquistar os novos. Também podemos destacar as práticas de depoimentos e estudos de caso.

Exemplo: Cases de Sucesso da Hubify.

Finalidade

Nos últimos tempos, o perfil do consumidor ficou mais exigente e agora existem diversas formas para avaliar se vale a pena ou não adquirir o seu produto. Uma delas é o propósito da sua empresa, aqui estamos falando das missões e valores que influenciam na sua identidade. 

Banner Topic Cluster

A humanização está em alta, mas não pense que apenas “aproveitar” da causa é suficiente, já que isso pode colocar a credibilidade da sua empresa em risco. Tenha em mente qual o motivo da sua empresa existir, e por que ela faz a diferença na sociedade.

Exemplo: Comercial da Coca-Cola.

Antecipação 

Chegamos no momento de explorar as expectativas dos consumidores, em relação ao um futuro.

Se você pretende lançar um produto, provavelmente vai começar a sua divulgação antes, e aqui o gatilho de antecipação pode ser uma carta na manga. Isso acontece, pois com meses ou semanas anteriores, é possível instigar a curiosidade no público.

Exemplo: Apresentação do Pix no Banco do Brasil.

Novidade

Esse gatilho é similar ao anterior, mas nesse caso o foco está maior na inovação e tecnologia como algo que não existia, ou então a atualização de algo para um novo patamar.

Exemplo: Chegada do produto Alexa na Amazon Brasil.

Compromisso e coerência

Esse gatilho é um dos mais comuns na sociedade, uma vez que você adquire uma oferta, de acordo com o que serviu de motivação, certo? Nesse caso, vamos explorar sentimentos de confiança e maturidade.

Afinal, isso deveria ser obrigatório, ja que você oferece um produto para suprir uma necessidade, assim está se comprometendo àquilo.

Se o seu negócio atua com assinaturas ou garantias, esse gatilho pode ser muito útil, pois você tem que transmitir a confiança de que será uma escolha vantajosa.

Algumas frases como “caso o produto não atenda suas expectativas, nós devolvemos o dinheiro” são padrões nesse gatilho.

Exemplo: Novo crédito do Itaú.

Escolha

O mercado é cheio de concorrência, assim o consumidor dispõe de várias opções para tomar um decisão de compra.

Aqui, vale o mesmo para comparações dentro do seu negócio, com filtros para avaliar o preço, tamanho, marca, cor etc.

Exemplo: Cotação de preços no site JáCotei.

Fonte: JáCotei

Simplicidade

Apesar de “pensar fora da caixa” para contar com bons diferenciais seja ótimo, tudo vai depender do seu nicho de mercado.

Quem sabe o seu público-alvo não precise de estratégias muito complexas ou inovadoras, na verdade ele quer algo simples e reduzido, que consiga passar a mensagem sem maiores dificuldades.

Algumas expressões que podem ajudar são — rápido, sistema eficaz, caminho mais curto, passo a passo, descomplicado, entre outros.

Exemplo: Comercial do supermercado Extra sobre a opção “Retira Extra”.

Curiosidade

Um dos sentimentos mais explorados, a curiosidade pode ser aplicada de várias formas, e no Marketing ela ganha poder. Afinal, é comum do ser humano desvendar aquilo que não sabe.

Podemos destacar os títulos de e-mails e artigos, eles serão o primeiro recursos para atrair o usuário, então quanto mais intrigantes, melhor!

Exemplo: Título de artigo da Hubify.

Inimigo Comum

Retomando à premissa de que oferecemos algo para solucionar uma dor do cliente, o gatilho do inimigo comum combina com a ideia, sendo mais ousado e transparente.

Nesse caso, vamos expor a problemática de forma objetiva, para ofertar o seu produto ou serviço como solução. Além de atrair mais clientes, também vai aproximá-los da sua marca, pois essa ação vai exigir uma comunicação humanizada.

Exemplo: Ação do Mercado Livre contra o aumento de frete pela empresa Correios.

Espero que tenham gostado! E se o seu negócio começar a utilizar os gatilhos mentais em um comercial, recomendo que você leia o nosso artigo sobre vídeo marketing!

Ouça nosso Podcast!

Posts Relacionados