Saiba qual é o papel de uma landing page para o seu negócio

Fabio Duran

Fabio Duran

Cofundador e CEO da Hubify. GDista, apaixonado por economia comportamental e vendas. Advogado formado pelo Mackenzie e pós-graduado em Administração de Empresas e Gestão de Projetos pela Universidade da Califórnia.

3 minutos de leitura

A função básica de qualquer negócio é simples: gerar lucro. E esse lucro só é possível por meio da comercialização de um produto ou serviço para atender a uma necessidade ou um desejo do comprador.

Isso tudo pode até parecer fácil, mas entre essas etapas existe o processo de fazer com que o seu produto e a necessidade do cliente se encontrem do jeito certo, no momento certo. Para que isso aconteça, são criadas campanhas de marketing.

Dentre as diversas possibilidades que o marketing oferece para converter essas pessoas em clientes, o marketing digital merece destaque.

Além da sua grande efetividade — devido ao fato de atingir as pessoas onde elas realmente estão (ou seja, on-line) —, o marketing digital permite a mensuração de resultados e a criação de um relacionamento entre marca e cliente.

Além disso, o marketing digital possui uma rota muito clara: o funil de vendas. Ou seja, levar a pessoa de uma simples página de conteúdo na internet o lead (potencial cliente) e, consequentemente, a se tornar um cliente.

Aqui, entra a landing page. Essa é uma ferramenta essencial para a transição de um usuário em lead. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura deste post!

O que é landing page?

E-book marketing digital

Landing page (ou página de conversão) é uma página criada com o objetivo de fazer com que a sua persona realize uma ação. Geralmente essa ação é a de aceitar uma oferta — e essa oferta pode ser um produto, um serviço, ou o mais comum no marketing de conteúdo, um material rico em troca de informações.

Por isso, todos os esforços de uma landing page são voltados para que o usuário realize a ação. Confira as características mais importantes que a sua landing page deve ter:

  • A landing page deve focar no valor do que está sendo oferecido.
  • Não deve apresentar distrações (como links ou menus que levem o usuário a sair da página sem completar a ação).
  • Deve ter um CTA (ou call to action), que é um link ou um botão que converte à ação desejada (“baixe o e-book” ou “compre agora mesmo”, por exemplo).
  • Deve ser clara e objetiva para otimizar a experiência do usuário.
  • Deve ser responsiva, ou seja, adaptável para dispositivos móveis — afinal, a maioria das pessoas já acessa a internet por meio de smartphones.
  • Deve conter uma página de agradecimento que, além de confirmar para o usuário que a ação foi realizada, agradece a ele por tê-la realizado.
  • Geralmente vem acompanhada de um campo para o preenchimento de informações do usuário — apenas as mais necessárias, como e-mail, por exemplo.

Quando eu devo usar uma landing page?

A landing page pode auxiliar a marca em diversos aspectos. Dentre eles:

  • A gerar leads: leads são os usuários que já forneceram alguma informação de contato para a empresa. Essas informações podem ser captadas em uma landing page.
  • A conhecer o público: diante das informações solicitadas na sua landing page, é possível entender melhor as características comuns entre os possíveis clientes.
  • A reduzir o custo de aquisição de clientes (CAC): afinal, os investimentos para a criação de uma landing page são baixos.

Qual é a importância de uma landing page?

As landing pages são importantes porque convertem visitantes em leads, leads em MQLs (leads qualificados, realmente prontos para receber o primeiro contato da empresa), MQLs em clientes, e ainda são capazes de ajudar na fidelização de clientes.

Como você pode perceber, a landing page não é uma ação isolada. Ela deve ser combinada a uma estratégia de marketing para que sua empresa consiga atingir os objetivos traçados.

Tirou suas dúvidas sobre landing pages? Tem mais alguma informação a acrescentar sobre o assunto? Deixe um comentário!

Posts Relacionados