3 dicas de planejamento de automação de marketing para organizar sua estratégia

Autor Convidado

Autor Convidado

3 minutos de leitura

Já tentou trabalhar em um local desorganizado? Tomado pela bagunça e confusão? Bom, eu te digo que eu não consigo. Isso atrapalha meu rendimento, concentração e até interfere no meu humor.

Ou seja, manter o ambiente organizado melhora tudo, inclusive as estratégias de automação de marketing digital.

Quer saber como planejar sua automação de marketing para organizar sua estratégia? Então, continue comigo para ver 3 dicas!

Como fazer um planejamento de automação de marketing digital?

A personalização é uma das características que mais chamam a atenção em uma ferramenta de automação de marketing digital. E isso é totalmente coerente com o foco da estratégia, afinal, ninguém iria querer investir em uma plataforma que não consegue se adequar às necessidades do negócio.

Acima de tudo, a automação consiste em economizar tempo, falar com o público-alvo sempre considerando suas particularidades e coletar dados ou informações que possam tornar esse trabalho mais eficiente.

Já que falamos em comunicação, que tal conferir um vídeo para aprender como se comunicar melhor?

Porém, como tudo é personalizável, os profissionais que atuam com as ferramentas de automação de marketing digital acabam se utilizando dessa circunstância e, na maioria das vezes, não elaboram regras ou diretrizes que sejam capazes de organizar o conteúdo existente na plataforma.

Por isso, acompanhe a seguir 3 dicas de como organizar a sua automação!

1. Arrume as suas propriedades de contato

Pense comigo: qual é a principal função do time de marketing? Se você respondeu que é auxiliar a equipe de vendas a vender, acertou. Esse é um dos motivos do alinhamento entre os departamentos ser tão importante.

Infográfico 5 itens e-mail marketing

Aqui, o primeiro passo para começar seu planejamento de automação de marketing é refletir sobre quais são os dados que sua equipe de vendas sempre vai precisar.

Por exemplo, na Hubify nosso time comercial precisa de seis informações:

  • nome: para tornar o contato mais humanizado;
  • e-mail: para entrar em contato e compartilhar conteúdos educacionais ou informativos sobre nossos produtos e serviços;
  • cargo: para personalizar a comunicação de acordo com o nível de tomada de decisão do contato;
  • site da empresa: para realizar análises técnicas sobre performance e experiência do usuário, e também para entender melhor o perfil e o negócio do possível cliente;
  • número de colaboradores: para organização interna, pois acreditamos que o tamanho influencia muito no tipo de dor ou problema que uma companhia pode ter e, organizar o nosso processo em torno disso garante melhores taxas de sucesso;
  • segmento de atuação: para oferecermos diferentes ofertas dependendo do setor.

Depois que você tem as necessidades de vendas atendidas, é só repetir o processo pensando apenas no time de Marketing: existem outras informações que são fundamentais para realizar suas estratégias? Caso a resposta seja sim, adicione-as à lista!

2. Elabore um processo para nomear os elementos

Quando cuidamos sozinhos de determinada tarefa, fica fácil nos encontrarmos e na nossa organização.

Mas, e quando a equipe aumenta? E se for preciso fazer “uma dança das cadeiras”, você assumindo um novo cargo e tendo que passar suas atuais atribuições para outra pessoa, continuará sendo fácil?

Por isso, só ao dar aquela rápida passada de olho, já devemos conseguir identificar do que se trata a lista, formulário ou landing page.

Pensando neste ponto, siga algumas boas práticas, como:

  • nos formulários e workflows, sempre indicar com qual estágio de vida do contato como tag [SUBSCRIBER], [LEAD], [MQL];
  • e-mails de follow-up (aqueles que entregam o conteúdo solicitado em uma landing page) precisam conter o mesmo ID da landing page em questão;
  • se for usar uma thank you page dedicada, ela deve ter o mesmo ID da landing page que vem antes dela; entre outros.

3. Tenha o hábito de documentar tudo

Crie o hábito de documentar todos os processos, detalhes e boas práticas do seu planejamento de automação de marketing digital.

Centralize todas as informações em um único local. Também faça um espaço específico para o time, onde poderá explicar todos os processos já criados: como enviar um e-mail, como criar um e-book, como criar uma landing page, como organizar um webinar, quais parâmetros no link (UTMs) utilizar na promoção do conteúdo, etc.

Esse artigo foi útil para você? Já aproveita para se inscrever na nossa newsletter para saber muito mais sobre automação de marketing digital!

Ouça nosso Podcast!

Posts Relacionados