3 dicas imperdíveis para empresas que desejam aumentar o tráfego do site

Oscar Sigaki

Oscar Sigaki

Engenheiro formado pela FEI, com MBA em Gestão de Negócios pela FGV e Professor de Pós-Graduação no curso de Marketing Digital na UMC. Já foi responsável pelo marketing de performance em projetos como Vivo, Smiles, Kroton, entre outros. Hoje é sócio e COO da Hubify.

6 minutos de leitura

Seja tráfego orgânico ou pago, o importante é que gerar conteúdos relevantes e não planejar estratégias para alcançar os leads em potencial é investir tempo e dinheiro em ações mal aproveitadas!

Se o tráfego do site é capaz de gerar mais leads, quais são as boas práticas que sua empresa pode executar para garantir que isso aconteça? A geração de leads e conversão em vendas é um desafio que a maioria das empresas enfrenta no dia a dia.

A comunicação com visitantes, leads ou clientes exige conteúdos cada vez mais direcionados conforme a etapa em que se encontram do funil — a nutrição tem papel essencial nas estratégias de marketing digital.

Neste post vamos descrever o conceito de tráfego de site e como ele pode beneficiar a sua empresa promovendo a geração de leads. Além disso, vamos apresentar 3 dicas para aumentar o tráfego orgânico e informações de como investir no modelo pago!

O que você verá por aqui:

  • O que é tráfego de site
  • 3 dicas de estratégias para aumentar o tráfego orgânico
  • Otimize o SEO do site da sua empresa
  • SEO On-page
  • SEO Off-page
  • Invista em marketing de conteúdo
  • Crie estratégias de mídias sociais
  • Saiba também como investir em tráfego pago

O que é tráfego de site

Quando os visitantes chegam ao site e começam sua jornada de compras estão iniciando o tráfego, ou seja, eles vieram de algum mecanismo de busca como o Google, por exemplo, utilizando palavras-chave que estejam vinculadas ao negócio da sua empresa — esse é o tráfego orgânico ou não pago.

Na forma de tráfego pago os visitantes chegam por meio de anúncios em redes sociais que são também eficientes, mas geram custo. É o caso de mídias pagas como o Facebook e Google Adwords.

Em ambos os casos, quando o site aparecer em lugar privilegiado nas pesquisas do Google é sinal que há relevância elevada nos conteúdos com alta capacidade de tráfego.

3 dicas de estratégias para aumentar o tráfego orgânico

O tráfego orgânico é eficiente e de baixo custo — segundo a pesquisa SEO Trends 2018 realizada pela Rock Content, 77,3% do crescimento do tráfego orgânico estão vinculados a uma estratégia  de SEO.

Isso quer dizer que um site otimizado para SEO deve ter um conteúdo relevante, com palavra-chave adequadas, que estejam fortemente vinculadas ao negócio da sua empresa para ranquear bem no Google durante as buscas.

Elaboramos 3 dicas importantes para auxiliar as estratégias da sua empresa e potencializar o aumento do tráfego. Vejamos!

1. Otimize o SEO do site da sua empresa

Como dissemos, SEO — Search Engine Optimization, que significa otimização para mecanismos de busca é um processo que possibilita que as pessoas encontrem mais facilmente, uma empresa, um produto ou serviço, considerando as palavras-chave inseridas.

Dentro das ferramentas de SEO existem duas estratégias que servem de base para as ações, visando aumentar o tráfego para gerar e nutrir os leads até que saiam da intenção e migrem para a decisão de compra, vamos a elas.

SEO On-page

Todas as otimizações que a sua empresa realizar dentro site são chamadas de SEO on-page. Quem será a persona da sua empresa e como definir esse perfil ideal de cliente?

Com essas respostas é possível iniciar as buscas por palavras-chave que se conectem com os possíveis interesses, dúvidas ou necessidades da sua persona — será bem mais fácil criar estratégias sabendo em quem focar as ações.

Tenha sempre o cuidado de vincular o conteúdo do site com as palavras-chave encontradas, certificando-se de que terão mesmo o alcance à persona definida no início do planejamento.

Um visitante curioso procurará sua empresa a partir de uma busca, de uma indicação ou um anúncio. Para continuar navegando no site, o conteúdo deve ser atraente e fornecer algum tipo de resposta que detenha a atenção.

Somente depois que a estratégia de SEO on-page estiver bem consolidada é que se deve partir para o segundo passo e estabelecer interações fora dos limites do site.

SEO Off-page

Todas as otimizações realizadas fora do site da sua empresa serão denominadas SEO off-page. Elas poderão utilizar mídias sociais, link building, bookmarking social ou fazer menções, mas cuidado, a quantidade e a qualidade dos links são fundamentais.

E-book SEO onpage

Quando isso acontece, o Google entende que os conteúdos da sua empresa são mesmo relevantes e referenciam a sua página, logo, sua empresa aparecerá no topo das buscas — só não se esqueça de que a qualidade deve mesmo estar presente em qualquer tipo de conteúdo.

As duas estratégias são importantes para qualquer empresa. O tráfego pode acontecer em qualquer circunstância em que seu negócio surgir como solução e resposta.

As ações para otimização de SEO devem acontecer rotineiramente, pois os resultados não são imediatos. Os conteúdos, principalmente os que trouxerem dados, devem ser atualizados para manter a informação real e confiável.

2. Invista em marketing de conteúdo

Sem o marketing de conteúdo um site pode não ter grande apelo para os visitantes e a geração de leads se tornar um objetivo frustrado. Além da relevância sempre tão cobrada e difundida, um conteúdo deve prender a atenção desde as primeiras linhas.

O bom uso da palavra-chave em uma conversa franca com a persona, detalhando a qualidade de algum produto ou a eficiência de um serviço, torna o conteúdo fácil de ler e de ser encontrado durante as buscas.

A essência de um conteúdo bem produzido é percebida quando consegue criar uma relação próxima com o visitante e convidar, ainda que por mensagem subliminar, a aumentar o tempo de jornada para conhecer mais sobre a empresa.

O conteúdo deve ter um tom educativo e agregar valor à marca, engajando a todos que se propõe a manter uma leitura contínua. Sabemos que não existe uma fórmula mágica, mas muitas técnicas podem ser utilizadas e adequadas às etapas do funil de vendas.

Dessa forma, sua empresa conversará com diversos perfis ao mesmo tempo e em estágios diferentes, utilizando materiais como e-books, vídeos, infográficos, para disponibilizar no ambiente virtual da empresa.

Use e-mail marketing no fluxo de nutrição para oferecer conteúdos aos leads com convites para baixar um e-book ou consumir mais conteúdos similares aos pesquisados por eles dentro do site.

A ação de um lead depois que receber um e-mail da sua empresa vai demonstrar o grau de interesse e auxiliar a intensidade das próximas estratégias. A volta ao site vai manter o tráfego aquecido.

3. Crie estratégias de mídias sociais

As redes sociais são canais essenciais para qualquer empresa que deseja atingir um público que tem na web a sua principal fonte de busca. Produzir um bom conteúdo e ele não atingir o tráfego necessário, acarretará prejuízos para a empresa, seja pelo tempo dedicado à produção ou pela falta mais rápida da conversão.

Utilizar um canal de mídia social para promover conteúdos é uma estratégia eficiente, pois, um conteúdo bem estruturado, com informações importantes para o consumidor é capaz de gerar não só tráfego, mas leads realmente interessados.

Algumas mídias como LinkedIn, Instagram, Pinterest e Twitter podem ser usadas em diferentes etapas ou circunstâncias para impulsionar a empresa e engajar os leitores para encontrarem e acessarem o site da empresa.

Saiba também como investir em tráfego pago

Tudo bem que o tráfego orgânico pode ser bastante eficiente, mas você deve conhecer a versão paga para ter um segundo plano ou até mesmo aplicar os dois ao mesmo tempo. As ações se diferem pelo tipo de postagem, mas mantêm o forte apelo de atração e geração de leads.

Você pode utilizar o Google Adwords ou o Facebook Ads para atrair visitantes, desenvolver uma relação com a marca e estimular a decisão de compra. A experiência que o consumidor tiver nesses canais reflete em toda a estratégia na sequência.

Enquanto o Google Adwords é uma plataforma de anúncios comandada pelo Google que sugere as palavras-chave aos visitantes conforme o interesse, o Facebook Ads dá acesso de postagens de diversos tipos de conteúdos, com a vantagem de flexibilizar o valor de investimento, ou seja, é você quem escolhe o valor diário para custear um anúncio.

Aumentar o tráfego do site pode até ser um desafio, mas não é tão difícil quanto parece. Com as ferramentas adequadas e as ações devidamente planejadas, você pode encontrar diversas oportunidades de oferecer excelentes conteúdos a quem visita o site.

RESUMINDO

O que é tráfego orgânico e tráfego pago?

No tráfego orgânico, o visitante chega até o site por meio de buscas realizadas na internet ou indicação de amigos. Já no tráfego pago, a empresa custeia os anúncios veiculados nas mídias sociais para atrair e levar o visitante e futuro lead, a conhecer o produto ou serviço da empresa.

Quais são as duas principais estratégias de SEO e como funcionam?

  • SEO On-page — quando os conteúdos são gerados dentro do próprio site;

  • SEO Off-page — quando os conteúdos são gerados fora do site, por meio de ações com o link building.

Gostou do post? Agora que você já conhece as boas práticas e sabe o que é preciso para obter resultados de sucesso, que tal entrar em contato com a Hubify e conhecer a metodologia de trabalho da nossa empresa e como podemos contribuir para aumentar o tráfego do seu site!

Posts Relacionados