Link externo: entenda como ele enriquece a sua marca!

Isabella Villar

Graduanda em Marketing na Fatec Sebrae, é fascinada pela versatilidade da área. Faz parte do time de Inbound Marketing da Hubify e atua como Revisora de Conteúdo.

4 minutos de leitura

Você pode não acreditar, mas o link externo nos textos é um requisito fundamental de SEO para conquistar as melhores posições nos mecanismos de busca. E isso vale tanto para quem utiliza links de outros domínios, quanto para aqueles que oferecem os próprios.

Isso não deveria ser uma surpresa, afinal, com os links externos você adquire maior reconhecimento em seu nicho de mercado, compartilhamento nas redes sociais e confiança dos usuários para estreitar seu relacionamento.

E esse artigo vai ajudar a tirar todas as suas dúvidas a respeito, provando que essa estratégia é bem-sucedida e já passou da sua hora de investir nela!

O que são links externos?

Em primeiro lugar, entenda que os hiperlinks são aqueles que aparecem ao decorrer de um texto. Portanto, os links externos são hiperlinks que levam para um domínio diferente do atual

Você pode achar contraditório divulgar um link que direciona os visitantes para fora do seu site. No entanto, os links com materiais confiáveis te garantem mais autoridade e podem ajudar o Google a descobrir do que se trata o seu conteúdo para fins de SEO.

E o mesmo vale para o seu site, que também pode gerar links externos para outros domínios. Por exemplo, se você publicar um artigo do blog com conteúdo útil, outra empresa pode vincular essa URL como fonte para seu próprio blog. Esses tipos de links são essenciais, pois aumentam as classificações do mecanismo de pesquisa no algoritmo de pesquisa do Google.

Por que eles são importantes?

Muitos especialistas em SEO acreditam que os links externos são um dos principais critérios de classificação nos mecanismos de busca. Isso ocorre porque eles consideram os links externos como prova que seu site apresenta um conteúdo de qualidade

Os links externos são uma métrica estável e mais fácil de medir do que as de tráfego orgânico, pois os números de tráfego são enterrados em logs do servidor privado, enquanto os links externos são visíveis publicamente e facilmente armazenados. Por isso, é uma métrica viável para medir a popularidade de uma página da web.

A qualidade e a quantidade dos links externos que você usa são importantes. Adicionar links de site confiáveis ​​e informativos de alta qualidade às páginas ajudará a melhorar sua credibilidade, ao passo que adicionar links de spam de baixa qualidade prejudicará.

E os links externos melhoram ainda mais a credibilidade do site, porque provam que o seu conteúdo é valioso, eles são uma ótima maneira de fazer networking e criar conexões no mundo do marketing digital, para divulgar o seu conteúdo.

E como colocar em prática?

Agora que você já sabe a importância desse recurso, chegou a hora de aprender a criar o seu próprio link externo ou como selecionar os melhores de outros sites, para ganhar destaque no mercado. Vamos lá?

Conteúdos de qualidade

A forma mais natural de garantir que o seu site seja relevante para criar um link externo é criar um ótimo conteúdo, de acordo com os interesses do seu público-alvo. Dessa forma, as empresas vão notar o potencial que esse link oferece, utilizando em seus domínios. 

Vale ressaltar a estratégia de link building que se baseia na criação de conteúdo relevante para, para ganhar autoridade no mercado e fazer a sua empresa aparecer em outros domínios.

E isso vai além dos artigos: um e-book pode ser o diferencial que faltava na sua estratégia. Como qualquer outro conteúdo, quanto mais valor você fornecer, melhor. Se o seu ebook resistir aos próximos anos, ele vai gerar links naturais para o futuro.

E-book SEO onpage

Vídeo Marketing

Com o formato em vídeo se tornando cada vez mais popular atualmente, os profissionais de SEO estão atentos a essa novidade.

Você pode criar conteúdo de vídeo valioso e publicá-lo no YouTube, para aumentar as chances de outros sites apresentarem seus vídeos. 

Se você descobrir que outro site fez referência ao seu vídeo, pode pedir que eles dêem crédito a você por meio de um link. Mesmo se recusarem, você ainda pode direcionar os usuários a se inscreverem em seu canal, ou visitarem seu site por meio de um link na descrição do vídeo.

Redes Sociais

As plataformas de mídia social como Instagram, Facebook, LinkedIn e Twitter apresentam várias oportunidades de incluir links do seu site.

Por exemplo, o Twitter oferece dois campos – Web e Bio – para incluir links. Embora possam não fazer muito pela autoridade do seu site, eles permitem que você gere tráfego orgânico.

Da mesma forma, o LinkedIn oferece três links em seu perfil. Você pode até adicionar mídias como vídeos e documentos, para capturar tráfego, gerar leads e aumentar a visibilidade de seu conteúdo.

E aqui nem o Instagram fica de fora, com recursos como o tap.bio, você adiciona diversos links que servem como CTA de seus posts em um só, que é fixado na bio.

Parcerias

Outra maneira de construir um link externo é por meio do contato direto com outras organizações, com as quais você se identifica. Se você tem eventos ou organizações que patrocina, solicite um link para o seu site, e ofereça outro para o site deles em troca.

Por exemplo, se a sua empresa produz conteúdo para receitas usando canela em pó, entrar em contato com fabricantes desse alimento seria uma ótima maneira de construir links externos.

Vale destacar também a modalidade de guest post, que se baseia em formalizar uma parceria para trocar conteúdos, ou seja, você escreve um artigo e envia para ser publicado em outro site.

Fique atento aos links quebrados

Quando os links em suas páginas não chegam onde deveriam, eles resultam em uma experiência ruim para o usuário, o que garante menos probabilidade de comprar seus produtos ou serviços, ler o seu blog ou recomendá-lo para os colegas. 

Por isso, vale a pena fiscalizar essa prática mensalmente, para encontrar e corrigir os links quebrados. 

O Google Analytics é um aliado para você decidir a frequência que deseja ser notificado sobre links corrompidos, além de encontrar os problemas para corrigi-los. Quando for notificado de um link externo quebrado, você pode escolher navegar até a página por conta própria para alterar o HTML manualmente, ou utilizar as opções de link em seu sistema de gerenciamento de conteúdo.

Por hoje é isso, espero que essa leitura tenha sido útil e que você obtenha bons resultados com a estratégia de link externo. Outra dica é conferir o nosso artigo sobre o scroll to text, que promete ser diferencial nos conteúdos.

Posts Relacionados