Alcance mais público com o SEO internacional!

Isabella Villar

Graduanda em Marketing na Fatec Sebrae, é fascinada pela versatilidade da área. Faz parte do time de Inbound Marketing da Hubify e atua como Revisora de Conteúdo.

4 minutos de leitura

Quem busca melhorar a visibilidade da empresa nos resultados orgânicos da internet, deve saber que o SEO (search engine optimization) é indispensável para sua estratégia. No entanto, se você quer expandir ainda mais sua presença online, o SEO internacional se torna a melhor opção!

Com ele, não existem barreiras para conquistar mais públicos! Mas, será que isso funciona em qualquer empresa? E como colocar em prática? Essas e outras perguntas serão respondidas ao longo do texto.

Espero que goste. Boa leitura!

O que é SEO internacional?

Em primeiro lugar, podemos definir SEO Internacional como o processo de otimizar seu site, para que os mecanismos de pesquisa possam identificar quais países você deseja atingir e os idiomas que você utiliza nos negócios.

Ele tem como objetivo otimizar um site com a segmentação geográfica, para atrair tráfego não apenas da sua cidade, estado ou país, mas também de diversos países e idiomas, por exemplo.

Isso é vital para qualquer empresa interessada em internacionalizar sua empresa, esse processo vai ajudar a aumentar sua competitividade, consolidar o produto/serviço ou marca, e ganhar escala com a redução de custos.

Melhores práticas de SEO internacional

Separamos algumas dicas que podem ser aplicadas no seu site agora mesmo, confira e domine o SEO internacional!

Análise do público-alvo

Você deve entender bem como são os usuários nos diferentes países que te interessam. Alguns pontos que merecem destaque são qual o idioma, os motores de busca que utilizam, qual é o nível de acesso à internet, quais dispositivos utilizam para acessar a internet, entre outros.

Estudo da concorrência

Estar atento aos concorrentes é muito importante, já que garante uma nova visão sobre o que está sendo viável ou não. Aqui, vale a pena estudar as marcas de diferentes países, para entender quais são os conteúdos oferecidos ao público daquela região.

Seleção de palavras-chave

Para determinar qual conteúdo você vai criar, é preciso fazer uma pesquisa por palavra-chave internacional. Mas, não se esqueça que um termo procurado em determinado país pode não ter o mesmo impacto que em outro!

Adaptação de conteúdo

Como eu já mencionei, a população dos diferentes países vivencia realidades diferentes, isso significa que os temas abordados por sua empresa precisam estar de acordo com os interesses locais.

Uma dica especial aqui é evitar a técnica de “tradução automática do conteúdo”, já que pode ocorrer erros ortográficos, comprometendo a qualidade do conteúdo

Estrutura da web

Falando agora sobre a parte técnica, vamos entender mais sobre os domínios. Será que é preciso criar um novo site para cada país? Confira as opções abaixo e escolha a mais adequada para a sua marca:

Domínios diferentes

Quando falo de domínios diferentes, cada domínio é indexado de forma independente.

Por exemplo: hubify.es, hubify.uk, hubify.cl, etc.

Essa é a opção mais simples, porém o site vai começar com zero de autoridade em um novo país. Portanto, essa estratégia envolve multiplicar seus esforços para cada domínio que você possui no nível de SEO.

Além disso, eecomendo que você contrate uma hospedagem com servidores localizados nos diferentes países para os quais você está indo.

E-book SEO onpage

Subdomínios

Aqui, você escolheria subdomínios como es.hubify.com, en.hubify.com, cl.hubify.com, etc. Nessa estratégia, teria um domínio principal e outro subdomínio para cada país, isso também significa aumentar os esforços de SEO para cada subdomínio.

Vale ressaltar que a hospedagem deve ser a mesma para todos os países, mas você pode usar a Content Delivery Network ou CDN, que são servidores localizados em todo o mundo e nos quais existe uma cópia do seu site. Desta forma, dependendo do país em que o usuário está localizado, será oferecida uma cópia diferente do site, para que a velocidade de carregamento seja maior e isso o beneficiará a nível de SEO.

PS: essa regra também serve para os subdiretórios que vamos falar a seguir!

Subdiretórios

Essa estratégia é baseada em hubify.com/es/, hubify.com/uk/, hubify.com/cl/, na qual a autoridade do domínio principal será distribuída para que não seja necessário começar do zero e não ter que direcionar mais tempo na gestão de SEO. Porém, essa alternativa pode ser mais difícil de administrar e têm chances do tempo de carregamento ser mais lento.

A importância da Tag Hreflang

Ao ter um site multilíngue, é preciso ter atenção e cumprir as exigências do Google. Uma dica é implementar a tag hreflang : rel = ”alternate” hreflang = ”x”.

Ela ajuda o Google a entender que existem diferentes URLs com o mesmo conteúdo, mas traduzidos ou segmentados para usuários de países diferentes. Assim, ele pode identificar o idioma e a região do URL alternativo.

Para implementá-la, se você tiver um site traduzido para diferentes idiomas, terá que adicionar a seguinte tag em cada uma das versões:

Na versão em espanhol, você deverá colocar:

  • <link rel = ”alternate” hreflang = ”es” href = http: //www.miweb.com/es />
  • <link rel = ”alternate” hreflang = ”en” href = http: //www.miweb.com/en />

Isso também vale para as outras versões, por exemplo a francesa:

  • <link rel = ”alternate” hreflang = ”fr” href = http: //www.miweb.com/fr />
  • <link rel = ”alternate” hreflang = ”en” href = http: //www.miweb.com/en />

Se o seu site está no mesmo idioma, mas é direcionado a diferentes países, em cada uma das versões você deverá incluir a seguinte tag:

  • <link rel = ”alternate” hreflang = ”es-es” href = http: //www.miweb.com/es />
  • <link rel = ”alternate” hreflang = ”es-cl” href = http: //www.miweb.com/ur />
  • <link rel = ”alternate” hreflang = ”en-pe” href = http: //www.miweb.com/ar />

Link building

Para ser relevante nos países que almejamos, é muito importante fazer uma estratégia de link building, ou seja, obter links de qualidade dos países ou idiomas em que você quer ranquear

O objetivo do link building é criar referências de alta qualidade para o seu site, vinculando ele aos sites de alta autoridade. Mas, fique atento e evite backlinks de sites com altas pontuações de spam, já que eles podem te prejudicar.

Por outro lado, é muito importante que os sites dos quais você obtém backlinks pertençam ao seu nicho de mercado. Isso pode ser feito, por exemplo, com parcerias de guest post, na qual você encontra um domínio interessante e ambos compartilham seus conteúdos.

Geolocalização

Em geral, os mecanismos de pesquisa tendem a favorecer o conteúdo local em seus resultados, e a geolocalização é fundamental para determinar a posição geográfica do usuário, por exemplo.

Dessa forma, você pode optar pela distribuição de conteúdo, na qual um conjunto de servidores em diferentes pontos da rede utilizam cópias locais de determinado conteúdo, eles são armazenados em outros servidores remotos.

Também existe a geolocalização física da hospedagem, aqui os provedores permitem que você escolha onde deseja localizar cada plano de hospedagem do seu site, pois apresentam o datacenter em vários países.

Mas, se você ainda prefere algo mais simples, pode optar pelos indicadores locais como números de telefone do país de destino ou formulários de contato específicos.

Tenho certeza que agora a expansão internacional da sua empresa vai se concretizar! E se tiver interesse, temos um artigo no blog sobre SEO para continuidade no assunto.

Posts Relacionados