Você sabe de onde vem o seu cliente?

Nicole Gomes

Nicole Gomes

4 minutos de leitura

Ter um estabelecimento não é uma tarefa fácil, é necessário pensar em tudo: Na qualidade do produto, atendimento, segurança, funcionários, estoque, finanças, compras, caixa, capital de giro, limpeza, clientes… Ufa! E, o mais importante, saber de onde vem o seu cliente.

Ou seja, com tanta responsabilidade, conseguir fazer com que sua loja, clínica, salão ou restaurante fiquem cheios é sinal de que você está fazendo muita coisa certa.

Portanto, os clientes gostam do seu estabelecimento por algum motivo e é importante saber qual seu ponto forte. O que mais tem atraído seus clientes? De onde eles vêm? Leia nosso artigo e saiba identificar de onde os seus clientes estão vindo e qual o melhor canal para atraí-los!

Não pode ler agora? Ouça o artigo clicando no player:

Pesquise!

Em primeiro lugar, no mundo offlline para descobrir de onde vem o seu cliente e qual caminho ele percorre para chegar até a sua empresa, é fundamental realizar uma pesquisa mercadológica. Ou seja, ela é igualmente importante para novos empreendedores. Já no mundo online, você pode descobrir a origem e comportamento de clientes em potencial de forma mais fácil, basta utilizar o Google Analytics.

Portanto, conhecer o mercado e os seus clientes é o primeiro passo para tomar decisões estratégicas e táticas que serão necessárias para atrair cada vez mais público.

Trabalhar com achismos pode atrapalhar e até mesmo levar a um desperdício de investimento, por isso é essencial a coleta de dados. Consequentemente, a pesquisa implica justamente nessa coleta, análise e em como essas informações serão úteis para o planejamento da sua comunicação.

Para montar a pesquisa que será o seu norte daqui em diante, você precisa seguir os seguintes passos:

  • Definição do problema: Nesse caso em especial, o problema já está delimitado, você quer saber de onde vem os seus clientes. Defina as hipóteses da possível solução já nesse item, assim você poderá pensar em perguntas que respondam suas dúvidas.
  • Público-alvo: Trabalhe com a coleta de dados no grupo que tem intenção real ou que já tenha realizado alguma compra em seu negócio.
  • Método de pesquisa: Sua pesquisa pode ser qualitativa (respostas escritas e amplas) ou quantitativa (resposta numérica de fácil mensuração), escolha de acordo com seus objetivos. Ela pode acontecer online ou no próprio estabelecimento. 
  • Tamanho da amostra: A quantidade de pessoas entrevistadas não precisa ser necessariamente grande, porém de qualidade. De acordo com o tamanho do seu negócio, analise quantas pessoas você conseguirá entrevistar em um determinado período.
  • Questionário: Monte perguntas claras, que tenham a linguagem do seu público e que respondam às suas dúvidas. Por exemplo, faça perguntas como “Como conheceu nossa empresa?” e coloque nas alternativas os canais de comunicação que você utiliza na sua estratégia.
  • Teste: Antes de aplicá-la em toda a sua amostra delimitada, teste em um grupo pequeno de 5-10 pessoas, para checar se o questionário está conciso e eficiente.
  • Aplicação da pesquisa: Como dito anteriormente, a aplicação da pesquisa pode acontecer de várias maneiras diferentes, pessoalmente ou online. Caso opte por uma pesquisa online, produza uma landing page com as questões e as encaminhe para seus clientes. 
  • Analise: Agora é a hora de colocar a mão na massa! Quantifique todas as respostas para responder a sua questão inicial. Utilize as planilhas e porcentagens a seu favor e organize suas respostas em forma de gráficos, assim a visualização será mais fácil e dinâmica para você e sua equipe.

Google Analytics

Além disso, outra forma de descobrir de onde vem o seu cliente é o uso dessa ferramenta!

Em resumo, se você tem um site para seu negócio, é primordial o uso do SEO e Google Analytics não só para saber de onde vem os seus clientes, como obter informações essenciais sobre eles. Por exemplo, com ela, você conseguirá saber o número de visitantes, quantos retornaram, quais redes sociais estão gerando mais tráfego, as vendas realizadas e dados fundamentais para melhorar o desempenho do seu site, como a taxa de rejeição.

E, se caso você não tenha um site, reconsidere!

Cerca de 73% das pessoas recorrem à internet para se informar sobre algum produto ou serviço antes da compra. Além de ser um canal importante para conquistar credibilidade, ter um site aumenta as chances de obter mais vendas.

Saiba mais sobre a importância de ter um site no nosso artigo com “Tudo o que você precisa saber para criar um site para o seu negócio”.

Onde investir: offline ou online?

A partir do momento que você possui dados para comprovar de onde vem o seu cliente, a tarefa de montar uma estratégia de comunicação se torna mais fácil. Ou seja, para investir no canal correto, leve em consideração as características do seu público.

Ainda é muito comum pensar em anúncios offline para atrair consumidores, como panfletos e comerciais na TV. Caso esteja pensando em usar alguma dessas estratégias em seu planejamento, avalie se conseguirá segmentar de forma correta para atingir o seu potencial consumidor e se terá um bom retorno com esse investimento. Comerciais têm um grande número de alcance, porém exigem uma verba igualmente grande.

Além disso, as pessoas estão dedicando cada vez menos tempo às telinhas. Há cinco anos, o tempo gasto assistindo ao vivo era por volta de 63% de seu dia, o que caiu para 33%. O número ainda parece grande, não é mesmo? Entretanto, a atenção agora é dividida com nossos pequenos companheiros: os smartphones.

Você sabia que um terço de toda a verba mundial destinada à publicidade, atualmente é para o mobile? E não é à toa! No Brasil, segundo dados da Anatel, o número de celulares é de mais de 235,7 milhões, o equivalente a mais de um aparelho por habitante.

A união dos canais offline e online pode ser ainda mais poderosa para o seu negócio saber de onde vem o seu cliente. Portanto, estude suas possibilidades e, caso necessário, procure profissionais que entendem do assunto e vão poder te auxiliar da melhor maneira para que você não desperdice dinheiro!

Gostou desse conteúdo e deseja saber mais sobre estratégias? Fique de olho nas nossas redes e assine nossa newsletter!

E-book SEO onpage

Ouça nosso Podcast!

Posts Relacionados