Funil do marketing: conheça o novo modelo apresentado pelo Google

Fabio Duran

Fabio Duran

Cofundador e CEO da Hubify. GDista, apaixonado por economia comportamental e vendas. Advogado formado pelo Mackenzie e pós-graduado em Administração de Empresas e Gestão de Projetos pela Universidade da Califórnia.

4 minutos de leitura

Ao planejar e executar as suas estratégias de marketing, o seu papel é trabalhar com as melhores ações para impactar o público certo e conduzi-lo até a compra. Essa é a ideia por trás do funil do marketing.

Esse modelo é responsável por ajudar você e sua equipe a terem a campanha mais eficaz, capaz de alcançar determinado grupo de pessoas com o conteúdo mais convincente possível.

No entanto, as coisas mudaram um pouco nos últimos tempos. O Google propôs um novo modelo de funil do marketing que promete um retrato muito mais fiel da realidade dos hábitos de compra do público. Você pode renovar a sua estratégia ao obter inspiração a partir desse recurso. Confira!

Como é o funil do marketing tradicional?

O funil do marketing tradicional é um modelo usado em estratégias focadas em conversão e nutrição, inclusive no Inbound Marketing. Em essência, é um modelo com três etapas, sendo que o topo é onde se situa o público mais distante da decisão de compra, e o fundo, o mais próximo.

A utilização desse modelo se dá por meio do planejamento de conteúdo para as expectativas e necessidades do público que se situa em cada estágio do funil. A intenção é que, ao ter contato com esse material, esses leads progridam até naturalmente decidirem pelo produto da empresa.

O sucesso de uma estratégia que utiliza o funil do marketing depende de uma série de fatores. Entre eles, está entender com profundidade o perfil do público-alvo e como a solução oferecida realmente pode resolver o problema dele. Também é essencial definir muito bem o que é um lead qualificado.

Apesar de ser amplamente utilizado em diversos segmentos, o funil do marketing tradicional tem alguns problemas:

  • seu formato rígido nem sempre permite considerar múltiplos canais e a forma como o público pode interagir de forma não linear com eles;
  • se um lead demora tempo demais para tomar uma decisão, ele pode ser visto como alguém que desistiu da compra;
  • um modelo que não prevê com fidelidade as expectativas do público tende a não gerar resultados de qualidade.

Como é o novo modelo de funil do marketing apresentado pelo Google?

O intuito do novo modelo de funil proposto pelo Google é flexibilizar o que se entende a respeito da jornada que o consumidor percorre até decidir pela compra de um produto. Afinal, trata-se de uma estrutura que precisa refletir a realidade.

A maior diferença do novo modelo trazido pelo Google é que a etapa de consideração do lead pode durar muito mais tempo do que se imaginava, além de poder se originar a partir de pequenos impulsos (ou micromomentos).

Isso exige um preparo superior das marcas, que precisam estar presentes em todos esses meios para ter sucesso. Para ajudar a ilustrar os principais diferenciais do novo funil do marketing sugerido pelo Google, trazemos um exemplo a seguir.

E-book marketing digital

Murilo, o sedentário

Murilo é um jovem estudante que vem se sentindo cada vez mais cansado e fraco. Por conta de uma vida corrida, ele não se alimenta bem e não pratica atividades físicas, o que já deveria servir de sinal para ele de que algo precisa mudar. Então, ele começa a fazer pesquisas no Google a respeito da própria situação.

Assim, ele passa a consumir conteúdo relacionado a dicas de qualidade de vida. São guias de alimentação saudável e exercícios físicos rápidos que ele consegue encaixar na rotina atribulada. No entanto, isso não significa que ele vá fechar negócio com as empresas que criaram esses materiais.

Na verdade, passam-se dois meses e Murilo não toma uma decisão. No modelo antigo, isso seria classificado como um lead que não converteu. Porém, um dia, Murilo vê um anúncio de um treino rápido e eficaz de uma academia próxima a partir de um cupom de desconto. No dia seguinte, ele vai até lá e faz sua matrícula.

Confira, agora, os principais pontos que precisam ser destacados no funil do marketing observado no caso do Murilo:

  • a jornada dele começou de uma forma semelhante à do funil tradicional;
  • no entanto, ela não se desenvolve com a velocidade que se espera e a intenção de compra dele permanece dormente;
  • o estalo que motiva a ação do Murilo é um anúncio segmentado que oferece uma vantagem irresistível para ele, mas ela somente é interessante porque ele já aprendeu o suficiente sobre o assunto;
  • por fim, a conversão de Murilo ocorre no “mundo offline”, indo fisicamente até a academia sem usar um formulário de cadastro.

O que são micromomentos?

O funil do marketing proposto pelo Google se fundamenta na ideia por trás dos micromomentos. O buscador é parte do cotidiano de muita gente e dá início a uma série de processos que culminam em compras e vendas. Portanto, traz insights valiosos que podem ajudar você a ter mais sucesso.

Imagine que alguém está assistindo a uma novela pela TV e vê um artista usando um relógio de determinada marca. Essa pessoa, então, pega o smartphone e faz uma busca no Google pelo item, recebendo diversas sugestões de lojas para adquiri-lo. Esse é um micromomento que pode muito bem dar origem a uma conversão.

Trata-se de um conceito poderoso porque mostra como é preciso muito pouco para que se inicie uma jornada de compra. O celular permite fazer buscas rapidamente, bastando ter uma intenção por trás. Para ter sucesso, a sua estratégia precisa levar essa ideia em conta.

Como planejar uma campanha pensando no novo funil do marketing?

Agora que você já conhece os principais diferenciais do funil do marketing proposto pelo Google e entendeu as suas vantagens, está na hora de colocar as mãos na massa.

O primeiro passo deve ser analisar muito bem o quanto você sabe a respeito dos hábitos do público que a sua empresa quer impactar. Entenda como se dá uma compra, por quais meios e os caminhos que são seguidos por essas pessoas.

Utilizar o funil do marketing é essencial para ter sucesso, mas ainda mais importante do que isso é se basear em um modelo eficaz. Aproveite a sugestão do Google para realizar campanhas mais sofisticadas e eficientes.

Tudo pronto para começar? Conte para a gente nos comentários como você pretende utilizar o funil do marketing do Google!

Precisando gerar leads? Confira nosso material Geração de leads: Guia dos seus primeiros passo!

Posts Relacionados