Google Ads e Marketing de conteúdo: vale a pena unir as estratégias?

Oscar Sigaki

Oscar Sigaki

Engenheiro formado pela FEI, com MBA em Gestão de Negócios pela FGV e Professor de Pós-Graduação no curso de Marketing Digital na UMC. Já foi responsável pelo marketing de performance em projetos como Vivo, Smiles, Kroton, entre outros. Hoje é sócio e COO da Hubify.

3 minutos de leitura

Ao iniciar uma estratégia de marketing digital ou reestruturar uma campanha para ter mais presença online, uma das principais dúvidas é: em quais canais devo investir? Muitos empresários desejam resultados imediatos e optam pelos links patrocinados, outros, mais preocupados com os resultados em médio prazo, preferem o SEO e o marketing de conteúdo. Atualmente, entretanto, muitos têm refletido: e se unirmos as estratégias de Google Ads e Marketing de conteúdo?

Quando se fala em unir estratégias distintas como Google Ads e Marketing de conteúdo é importante se atentar ao fato de que, ambas as estratégias devem se complementar. O objetivo é impactar mais um determinado público e não usar palavras-chave distintas em ambas as campanhas visando públicos distintos.

Qual o retorno investindo apenas em Google Ads?

O Google Ads, composto por rede de pesquisa e rede de display, possui como benefício a possibilidade de um planejamento rápido da campanha, que pode entrar no ar em menos de um dia e já começar a dar resultados com a geração de leads. Dessa forma, tem-se a impressão que o Retorno sobre o Investimento (ROI) é maior.

A regra para calcular o ROI, segundo o Google, é simples:

  • ROI = (receita – custo dos produtos vendidos) /custo dos produtos vendidos

Mas uma empresa interessada em crescer não está preocupada apenas com qual é o ROI e sim também como aumentar o seu ROI? E essa pergunta é fundamental para aumentar as oportunidades da marca.

Para verificar se o Google Ads tem proporcionado o resultado desejado é necessário acompanhar as conversões e atentar-se as métricas de análise, como:

  • Custo por Aquisição (CPA);
  • Custo por Clique (CPC);
  • Qualidade dos anúncios.

O Google Ads permite gerar leads mais rapidamente, entretanto, aumentar a geração de leads, mas não melhorar a capacidade do site de converter e fechar negócios fará com que apenas uma parte da estratégia de marketing digital seja bem-sucedida.

Vale a pena unir Google Ads e Marketing de conteúdo?

E-book Mídia Paga

É pensando em leads mais qualificados que a união entre Google Ads e marketing de conteúdo passa a fazer sentido no desenvolvimento de uma estratégia de marketing digital. Alguns dos aspectos relevantes dessa união são:

Mais visibilidade na SERP

Ao anunciar no Google, a empresa possui um local privilegiado na página de resultados, chamada de SERP. Entretanto, quanto mais locais ocupar entre os resultados, mais relevante será para o usuário. Pesquisas demonstram que ao realizar uma pesquisa, os resultados mais confiáveis, segundo a percepção do usuário, são aqueles que estão presentes tanto entre os resultados pagos como nos orgânicos.

Leads qualificados

O marketing de conteúdo tem se destacado não apenas por aumentar as chances de posicionamento do site no Google, mas também porque os consumidores estão mais atentos em pesquisar informações sobre uma empresa ou produto antes da compra. Essa busca por dados permite qualificar o lead:

  • 70% das pessoas preferem informar-se sobre produtos por meio de conteúdo;
  • 68% dos consumidores leem o conteúdo da marca pela qual se interessam;
  • 90% dos clientes consideram conteúdo personalizado interessante;
  • 78% acreditam que o conteúdo ajuda a criar relacionamento com a empresa.

Esses dados revelam a importância do marketing de conteúdo para aumentar a confiança e o interesse do consumidor pela marca. Mas isso não anula os benefícios do Google Ads, ao contrário, demonstra como a união de estratégias pode ser vantajosa.

ROI

Com o Google Ads e o marketing de conteúdo sendo executados corretamente, as chances de um ROI maior aumentam. Os valores vão variar de acordo com o tamanho da empresa, o setor e o orçamento, mas isso não inviabiliza uma análise de cenário. A MOZ tem sugerido três métricas para avaliar a qualidade das campanhas digitais:

  • Número de leads gerados: Google Ads + marketing de conteúdo;
  • Número de links de alta qualidade: marketing de conteúdo + Google Ads;
  • Total de compartilhamentos sociais: marketing de conteúdo.

Um exemplo real e expressivo é a empresa City Index que, após iniciar uma estratégia de marketing de conteúdo viu as aquisições de links patrocinados crescerem 60%.

Gostou do nosso post? Quer integrar suas estratégias de Google Ads e Marketing de conteúdo? Deixe um comentário!

Posts Relacionados