Quem deseja colocar sua empresa na internet precisa fazer e-mail marketing. Essa é uma das grandes regras do Marketing Digital, já que é a estratégia com maior taxa de conversão no ambiente on-line.

Porém, para fazer e-mail marketing, é preciso ter as ferramentas apropriadas para tal e é justamente sobre elas que o artigo de hoje vai tratar.

Por que fazer e-mail marketing é importante?

Com o passar dos anos e com o grande avanço da internet, muita coisa mudou na forma de se fazer marketing, mas apesar das infinitas técnicas que surgem a cada dia, uma ainda merece destaque absoluto: o e-mail marketing! Por que o e-mail marketing? Simplesmente porque ele é uma forma de interação muito mais pessoal para geração de leads.

Quando o usuário entrega a você a oportunidade de contato, ou seja, o seu e-mail, quer dizer que ele está interessado e muito mais receptivo ao seu conteúdo, o que já é um bom sinal.

E você? Já utiliza essa estratégia em seu negócio?

Abaixo, mostraremos algumas das principais ferramentas utilizadas para fazer e-mail marketing seguro. Conheça e faça a sua escolha!

  • Mailchimp

O Mailchimp é uma das ferramentas para fazer e-mail marketing mais famosa e utilizada pelo mercado digital.

Seu principal atrativo é a sua interface intuitiva, que é muito atraente para quem é iniciante nesse tipo de estratégia – o software tem uma espécie de “assistente de criação” de e-mails.

Outro ponto positivo do programa é que ele possui uma série de opções de automação de e-mail.

O ponto negativo é o fato de um mesmo e-mail ser cobrado duas vezes se estiver em duas listas, o que pode elevar o valor final pago para o software, já que o pagamento é feito por meio de planos de assinatura com base na quantidade de e-mails gerenciados.

  • Aweber

Outra ferramenta de e-mail marketing bem conhecida é o Aweber. Esse software se destaca pela sua acessibilidade financeira: é um dos mais baratos dentre os planos pagos, além de possuir opção de teste gratuito por 30 dias.

O seu lado negativo é que apesar de possuir funções e recursos bem avançados, o Aweber exige um pouco mais de conhecimento técnico para a sua configuração.

  • GetResponse

O GetResponse é uma ferramenta de e-mail marketing bastante poderosa e completa. Para começar, o software permite automação de e-mails, criação de enquetes e landing pages para capturar leads no seu site.

O principal destaque, porém, fica para o seu editor de e-mails, que parece um software de edição visual, com várias funções para o seu trabalho.

O lado ruim é que, apesar da interface e suporte estarem em português, o software só possui planos em dólares e com valores um pouco altos para o mercado brasileiro.

  • InfusionSoft

O InfusionSoft é uma ferramenta de e-mail marketing que funciona melhor para empresas que possuem uma loja virtual.

Explicamos:

O software tem como grande atrativo uma integração de vendas no seu código-fonte, que permite que seja feito um trabalho completo de e-mail marketing focado em vendas.

Seu preço mais salgado acaba sendo um problema para quem só quer uma ferramenta de e-mail marketing, mas compensa quando as duas principais funções são utilizadas.

  • Bônus: E-Goi, a ferramenta portuguesa

Não poderíamos ir embora sem deixar um presentinho, um bônus para você. O E-Goi é uma nova ferramenta para fazer e-mail marketing que tem conquistado a Europa e o Brasil.

Uma das vantagens da ferramenta está no seu idioma. Como o E-Goi é desenvolvido por portugueses, o programa vem em português, o que já facilita bastante a sua usabilidade.

A plataforma ainda ganha pontos por possuir duas funcionalidades extras: integração para envio de SMS e também uma ferramenta de criação de Landing Pages.

Por fim, os responsáveis pelo E-Goi ainda incentivam o uso da ferramenta ao oferecer vídeoaulas sobre como usar as funções do programa.

Você pode testar o E-Goi gratuitamente com listas de até 500 e-mails.

Gostou das ferramentas para fazer e-mail marketing que selecionamos aqui? O uso profissional de uma newsletter é apenas uma das coisas essenciais para quem quer investir no Marketing Digital. Outra parte também muito importante é ter um site próprio – clique aqui para saber por quê!