5 dicas para aumentar a venda de software na sua empresa

Isabella Villar

Isabella Villar

Graduanda em Marketing na Fatec Sebrae, é fascinada pela versatilidade da área. Faz parte do time de Inbound Marketing da Hubify e atua como Revisora de Conteúdo.

4 minutos de leitura

Ter um plano de marketing eficiente é indispensável para qualquer empresa que atua com a venda de software, já que encurtar a jornada de compra é um dos principais objetivos desse modelo de negócio.

E esse segmento está ganhando força no Brasil, segundo um estudo recente do IDC Predictions Brazil 2020, o mercado nacional de tecnologia da informação cresceu em 4,9% no ano passado, devido ao crescimento do serviço em nuvem e da modalidade SaaS.

Mas, isso não garante o sucesso absoluto dessas empresas, mas sim a necessidade de ter diferenciais para aumentar as oportunidades. Por isso, selecionamos 10 dicas práticas que vão te ajudar a vender mais softwares. Boa leitura!

1- Engaje com o Marketing de Conteúdo

Quer provar aos consumidores que o seu software é único no mercado e que a experiência da sua empresa no setor é incomparável? Uma boa maneira de cultivar esse tipo de confiança é criar um artigo envolvente, discutindo questões relacionadas ao tema e, em seguida, distribuí-lo aos usuários do seu site.

Outra forma de aumentar a venda de software é criar e manter uma comunidade de consumidores interessados ​​na sua empresa. Isso pode ser feito ao promover um blog ou comunidade de mídia social, antes do seu pacote de software ser lançado oficialmente. Portanto, alimentar seus clientes e leads com conteúdo informativo e útil pode ajudá-los a manter o foco na sua marca.

Aqui, é importante lembrar que quanto mais landing pages você tem, mais produtos vai vender. Cada LP deve abordar diferentes segmentos de mercado ou iluminar os diferentes recursos do software. Em seguida, direcione o tráfego para suas páginas de destino por meio de contas de mídia social, blogs, entre outros.

2- Pesquisa na web

O primeiro tópico a ser levado em consideração trata-se de como a sua empresa vai aparecer nos mecanismos de busca. Os compradores não estão procurando o software de gerenciamento de aprendizagem x, em vez disso, eles podem optar por termos como “melhor software de gerenciamento de aprendizagem” ou “avaliações sobre software x”, para avaliar a experiência do usuário no software em geral

Quando o assunto é SEO, isso significa que você deve focar em palavras-chave de cauda longa mais genéricas, em vez de depender apenas do nome da sua marca, se quiser chamar a atenção logo no início da pesquisa dos compradores.

O truque é encontrar palavras-chave que gerem tráfego, mas não sejam muito competitivas. Observe também a importância de apostar em anúncios do Google Ads para direcionar o tráfego de volta para suas páginas de destino, não apenas na página inicial de sua empresa.

3- Aposte no Vídeo Marketing

O vídeo marketing é uma forma incrível de despertar o interesse pelo seu software. Uma das maiores preocupações dos consumidores é entender bem as funcionalidades, esperando que ele seja intuitivo e fácil de usar. Uma demonstração em vídeo do produto pode ser uma ótima maneira de solucionar essas dúvidas.

Além disso, a Renderforest indicou que 82% das empresas B2B usam vídeos explicativos. Com esse insight, você deve ter notado que uma forte presença de conteúdo de vídeo no YouTube (em seguida, vinculado ao seu site e outros canais digitais) pode fazer toda a diferença, né?

E-book marketing digital

No entanto, não se concentre apenas na venda de software em si, também vale a pena apostar na criação de tutoriais sobre tópicos relacionados ao seu produto, para abordar mais assuntos. Por exemplo, você pode desenvolver dicas em vídeo sobre como fazer a transição do local para a nuvem, ou como gerenciar uma unidade de tomada de decisão para ser mais responsivo e colaborativo.

Enquanto isso, embora os vídeos de resenhas profissionais sejam comumente vistos em sites de terceiros, como diretórios de resenhas B2B e sites de mídia de nicho, você pode inovar com esse modelo, a partir de um vídeo sobre a história do cliente apresentando um cliente satisfeito falando sobre sua experiência com seu software

4- Comparação de concorrência

Segundo estudos recentes, é comum que os compradores B2B façam comparações entre os produtos para escolher o ideal, portanto, a sua empresa também pode fazer isso, e coletar informações que faltam no seu produto.

Para isso, a dica é incluir tabelas de comparação de benefícios e recursos, que mostram o seu produto da melhor maneira. Isso pode resumir as vantagens e desvantagens em um formato fácil para o comprador considerar no ciclo de compra. 

5- Avaliações de usuários

As avaliações e comentários dos usuários também são razões pelas quais os sites de avaliação B2B são populares. Você sabia que quase 97% dos consumidores leem avaliações online sobre as empresas antes da compra? O motivo disso é que elas são provas sociais para gerar confiança, os compradores estão mais interessados ​​no que os outros dizem sobre você, do que você diz sobre o seu software, porque desejam uma opinião objetiva.

Mas, não espere apenas comentários agradáveis, as críticas também são bem-vindas para entender o que precisa mudar!

Da mesma forma, ouça os sinais das redes sociais e amplifique os comentários positivos. Você também pode incentivar depoimentos de clientes em troca de tokens, como: assinatura gratuita de um mês, complemento gratuito, troca de links, etc. Em seguida, publique as avaliações de usuários em seus canais online, incluindo o sites com os produtos, páginas de destino e de mídia social, bem como em sites externos, como plataformas de comparação B2B.

Lembre-se de oferecer suporte ao cliente 24 horas por dia, e 7 dias por semana, pois informar que eles podem entrar em contato a qualquer hora é muito importante para desenvolver a confiança de seus clientes em potencial.

Dica bônus

Quais de seus esforços de marketing estão obtendo resultados e quais estão apenas custando tempo e dinheiro? A única maneira de saber é rastrear e analisar suas métricas!

Aqui, existem diversos indicadores de performance (KPIs) que podem ajudar, tudo vai depender do seu objetivo com determinada ação de marketing.

Espero que tenha gostado das nossas dicas para alavancar a venda de software na sua empresa. O próximo passo é contar com uma agência especializada em marketing digital de performance para colocar em prática, e a Hubify pode te ajudar. Entre em contato e vamos bater um papo!

Posts Relacionados