Entenda o que é Lookalike do Facebook Ads

Oscar Sigaki

Oscar Sigaki

Engenheiro formado pela FEI, com MBA em Gestão de Negócios pela FGV e Professor de Pós-Graduação no curso de Marketing Digital na UMC. Já foi responsável pelo marketing de performance em projetos como Vivo, Smiles, Kroton, entre outros. Hoje é sócio e COO da Hubify.

9 minutos de leitura

O segredo para uma campanha de mídia bem-sucedida é impactar o público-alvo certo com uma mensagem pensada especialmente para ele. Isso vale para todos os canais de marketing, especialmente os digitais. Afinal, nunca tivemos acesso a tantas ferramentas capazes de aproximar as marcas com sua audiência ideal. Um exemplo disso são os Facebook Lookalike Ads!

De forma geral, o looklike se baseia em um método de segmentação, que existe na plataforma de anúncios do Facebook. Ele permite ampliar a visibilidade da sua empresa, ao veicular um conteúdo para o público que tem identificação com o seu produto ou serviço.

Como no caso de qualquer outra ferramenta de marketing, é preciso conhecer as particularidades dos Facebook Lookalike Ads para ter sucesso em suas campanhas. Ele é um recurso bastante poderoso, mas só traz bons resultados quando é bem implementado.

Quer saber mais sobre esse assunto? Então, continue lendo este artigo!

Afinal, o que é o Lookalike do Facebook Ads?

Ao patrocinar um conteúdo na plataforma Facebook Ads, você tem a chance de selecionar o público-alvo das peças criadas, e uma das opções disponíveis é o público lookalike. 

A ferramenta consiste em impactar uma audiência que seja semelhante àquela que já interagiu com seus anúncios, ou que curte a sua página no Facebook.

Dessa forma, o algoritmo do Facebook se encarrega de comparar inúmeros perfis em frações de segundos, para gerar uma lista de pessoas que potencialmente teriam identificação com a sua marca. 

Assim, em uma plataforma de 2,2 bilhões de usuários ativos no mundo e 130 milhões de perfis no Brasil, torna-se simples selecionar a audiência perfeita para as suas necessidades.

Ao implementar esse tipo de público personalizado, você pode começar a utilizar o Lookalike. Logo, as suas chances de sucesso aumentam, já que será possível atingir apenas quem engaja com a sua marca e produtos.

Por que utilizar Facebook Lookalike Ads

Usar uma audiência do tipo lookalike em suas campanhas de Facebook Ads é uma ótima forma de atingir um público novo com a garantia de que ele se identifique com a sua marca.

Se ampliar a visibilidade está entre os seus objetivos, é necessário contar com os métodos para aumentar sua audiência, certo?

Dessa forma, utilizar o Facebook lookalike ads desponta como uma alternativa bastante vantajosa para empresas de diversos segmentos. É como usar a própria diversidade de públicos do Facebook a favor do seu negócio.

Conheça, a seguir, os principais benefícios de trabalhar com Facebook Lookalike Ads.

Total identificação com seu produto

Surge mais concorrência pela atenção das pessoas na internet. A sua marca precisa de artifícios eficazes para se destacar em meio a tantas distrações, caso contrário será facilmente ignorada e esquecida pelo público-alvo.

Desse modo, fica nítida a importância de trabalhar com boas segmentações em mídias digitais.

Utilizar um público personalizado do tipo lookalike em seus anúncios do Facebook é uma forma de garantir que a audiência seja impactada, porque ele terá alta identificação com o conteúdo.

Afinal, se são perfis equivalentes aos de quem já expressou interesse, existem altíssimas chances de corresponderem.

Diversos tipos para escolher

Utilizar uma audiência lookalike em suas campanhas de mídia é algo que oferece bastante flexibilidade para o seu planejamento. Afinal, trata-se de uma segmentação com subtipos bem interessantes.

Aqui, você pode se basear em múltiplos grupos de público para gerar sua lista de lookalikes. Por exemplo, é possível criar uma audiência lookalike com base em quem curte a sua página ou pessoas que interagiram com seus anúncios anteriores.

Também é possível segmentar suas campanhas para perfis semelhantes a determinado grupo que já tenha contato com a sua marca, por suas mídias sociais.

Múltiplos graus de fidelidade disponíveis

Ao buscar o seu público lookalike, uma das opções que você tem é a definição do tamanho da audiência criada. Basicamente, quanto mais fiel ela for ao perfil buscado, menor ela será.

O contrário também vale — ao ampliá-la, as características do público se tornam mais genéricas.

Esse é um controle importante para se utilizar ao planejar as suas campanhas. É um jeito de equilibrar o volume de público que será impactado pelos seus anúncios, e o quanto ele tem que se assemelhar à audiência buscada.

Simplicidade na configuração

O gerenciador de anúncios do Facebook Ads pode intimidar por conta do seu vasto número de funcionalidades, mas configurar públicos lookalike não é difícil.

Tudo pode ser feito tanto na tela de criação de campanhas, quanto pela seção voltada ao gerenciamento de públicos.

Além disso, uma vez que você cria a sua audiência lookalike, ela fica disponível para ser reutilizada quantas vezes quiser. Ou seja, basta apenas um esforço inicial para defini-la e, depois, somente resta replicar esse público em suas campanhas futuras.

Integração de campanhas com outras segmentações

Um dos principais benefícios do Facebook Ads é permitir a criação de campanhas com múltiplas segmentações. Dessa forma, a sua marca pode atuar em diversas frentes para alcançar seus objetivos com o máximo de performance.

É possível combinar os Facebook lookalike ads com as segmentações restantes da sua marca. Por exemplo, você pode veicular um anúncio que seja direcionado tanto a sua base de fãs, quanto a um grupo lookalike.

Como definir quais públicos segmentar no Lookalike do Facebook Ads?

Chegamos em uma etapa crucial, afinal é preciso entender como fazer a segmentação adequada para cada situação.

Você sabe qual é o público que te trará bons resultados? Existem aqueles que mais convertem, assinam newsletter; acessam landing page ou até clicam em um CTA.

Portanto, confira a seguir como isso pode ser feito, de acordo com o seu objetivo!

Aumentar as vendas do e-commerce

Se você tem um negócio B2C, essa estratégia é ideal!

Aqui, é importante segmentar indivíduos semelhantes aos clientes que recentemente compraram na sua loja.

Logo, fique atento aos dados de seus compradores, e para isso surgem boas práticas.

Isso pode ser feito a partir de iscas digitais, ao capturar os leads que acessam seu site. Conte com formulários e assim você terá um ótimo recurso para criar públicos parecidos.

Vale ressaltar que o LTV pode ajudar durante a segmentação.

Aumentar o número de curtidas da página

Nesse caso, foque nas pessoas que curtiram sua página, interagiram com seus eventos, ou compartilharam e comentaram em seus posts.

Entretanto, esse tipo de interação não significa necessariamente que o público está engajado. Portanto, é uma forma de alcançar um número maior de pessoas sem gastar muito, a partir de grupos aleatórios.

Será importante reunir dados sobre os perfis que as pessoas seguem, de acordo com a sua relevância. Assim, você identifica os principais temas de sua preferência.

Aumentar o número de fãs

Se você quer segmentar as pessoas interessadas, de fato, em seu conteúdo, a melhor maneira é recorrer às visualizações de vídeo. Esse tipo de material é responsável pelo maior crescimento da página.

É viável utilizar a função “envolvimento” para criar um público nessa base. Também vale para Instagram.

Saiba como criar vídeos incríveis em casa, assista ao vídeo!

Aumentar o tráfego do site

Outra maneira de utilizar o lookalike, é pelo seu site, já que o Facebook pode organizar um grupo com base no tráfego que acesse o seu domínio. Podemos incluir pessoas que:

E-book Mídia Paga
  • visitaram a página;
  • clicaram em algum CTA;
  • salvaram seu post.

Uma forma de fazer isso, é programar o anúncio para aparecer somente aos visitantes que gastaram mais tempo em suas páginas, já que são os de maior interesse para sua estratégia.

Será preciso contar com o pixel, que é um código para capturar dados de pessoas que visitam e realizam atividades no seu site, em relação aos produtos, formulários, etc.

Aumentar a interação com o público

Podemos citar dois modelos aqui, seja pelo número de pessoas que enviaram mensagem pelo inbox e dm, ou até ligações via WhatsApp.

Em ambos, a qualificação do usuário é específica, sendo uma boa prática para criar públicos semelhantes.

Não se esqueça de analisar os principais dados sobre o público-alvo, sejam:

  • carreira;
  • interesse;
  • demográficos;
  • poder aquisitivo.

Aumentar a audiência do seu produto ou serviço

Para quem atua como afiliado no Facebook Ads, uma boa prática é contar com esse método.

É possível analisar as pessoas que chegaram a colocar o produto no “carrinho” online. Porém, o ideal é segmentar de acordo com quem realizou a compra.

O que é necessário para usar o Lookalike do Facebook Ads?

Ter uma página no Facebook e iniciar uma campanha no Facebook Ads são dois requisitos básicos para utilizar a ferramenta. Mas isso você já deve saber, não é mesmo?

A questão é que, além disso, vai precisar de outros recursos para fazer esse cruzamento de dados, em busca de um público semelhante.

Quer entender o que é exigido para acertar em cheio? Veja o que é necessário para usar a ferramenta!

Lista de e-mails

Ter uma lista de e-mails por exemplo, é de grande ajuda na hora de definir uma audiência semelhante.

Dessa forma, o Facebook vai buscar os usuários cadastrados com o e-mail exato e, depois, procurará perfis semelhantes a essa listagem. No final, terá de 1 milhão a 10 milhões de usuários parecidos e prontos para serem alcançados.

Além disso, o uso desse recurso é interessante porque você pode segmentar até quais e-mails usar. É possível criar uma lista com todos os contatos se quiser um público genérico, e aumentar o reconhecimento de marca.

Também é viável usar os endereços de quem já comprou ou de quem realizou certas ações. Com isso, cada campanha receberá uma listagem.

Público personalizado

Você ainda pode usar um público personalizado, previamente criado no próprio Facebook. Essa ferramenta aproveita a importação de recursos, como listas de e-mails ou dados estruturados de softwares de informação.

Para usar o Facebook lookalike ads, bastará selecionar um público que já existe em seu Facebook para obter pessoas semelhantes. É uma maneira interessante para expandir as possibilidades sobre aquela campanha que teve alto retorno, por exemplo.

Curtidas na página

Se for interessante para a sua marca, também é possível utilizar os usuários que já curtem a sua página — ou mesmo de um concorrente, por exemplo. Nesse caso, basta definir como audiência as pessoas que já curtem a página desejada.

Essa é uma opção oportuna quando surgem muitos likes e interações orgânicas com as postagens. Assim, há mais chances de alcançar um público que vai engajar corretamente com o negócio.

No entanto, é preciso tomar cuidado porque essa é a alternativa que pode gerar mais perfis genéricos. É por isso que a análise deve partir, principalmente, do engajamento oferecido pelo público.

Facebook Pixel

Não menos importante, é possível utilizar o Facebook Pixel. Como ele “rastreia” o comportamento dos usuários, principalmente no seu site, é uma forma de obter informações relevantes sobre potenciais oportunidades.

Esse recurso adotado no remarketing traz a oportunidade de criar um público capaz de realizar ações semelhantes às que já foram obtidas. Dessa maneira, a campanha pode se tornar mais efetiva.

Note que você não precisa de todos esses recursos de uma só vez. Há como criar audiências com apenas uma ou algumas dessas informações — e tudo depende das suas necessidades.

Como colocar a segmentação do Lookalike do Facebooks Ads em prática?

A criação de um público lookalike para Facebook Ads será determinante para os resultados da sua campanha. No entanto, só será possível alcançar os resultados desejados com a utilização correta da ferramenta.

A segmentação acontece de maneira automática e em questão de segundos. No entanto, é preciso dar o pontapé inicial para indicar à rede social qual é o estilo do público desejado. Descubra o que fazer!

Reconheça o seu público ideal

O primeiro passo para realizar a segmentação é entender quem é o público que você deseja alcançar.

Dessa forma, o objetivo é simples: compreender qual é a parte da audiência que realmente é capaz de gerar resultados significativos.

Nesse momento, há chances de utilizar várias ferramentas. Você pode recorrer às personas estabelecidas ou mesmo a informações de outras campanhas. Dessa maneira, será mais fácil decidir por qual caminho seguir.

Defina as características adequadas

Mas, para que o seu público seja definido na plataforma, é preciso entender quais são as qualidades específicas. Por isso, a próxima etapa consiste em identificar as características que definem esse público.

É a hora de mergulhar para compreender questões como:

  • interesses;
  • comportamento;
  • dados demográficos;
  • interações anteriores.

Um anúncio de produto para recém-nascidos, por exemplo, costuma servir a um público feminino, de idade variável e com preferências ligadas à maternidade.

Isso também pode ser feito com a importação de uma base de clientes, como a lista de e-mail que citamos. Nesse caso, a rede social procurará todos os usuários que parecem com a opção que escolheu.

Acerte no tamanho da audiência

Não menos importante, será necessário definir qual é o tamanho da sua audiência. Você terá que definir essa característica em uma escala de 1 a 10. Tudo depende do alcance que deseja obter.

Lembre-se do que dissemos — quanto maior for o público, menos fiel ele será a tantas características simultâneas. Por isso, é preciso ponderar para chegar ao equilíbrio.

Direcione a campanha

Após reconhecer todas as qualidades e criar o seu público lookalike, basta configurar a campanha para que ela seja direcionada a esse público. É isso que faz com que a sua campanha atinja as pessoas mais propensas a realizarem as ações desejadas.

Depois de colocar tudo em prática, não deixe de acompanhar os resultados. É preciso verificar se os objetivos têm sido alcançados e, principalmente, quais são as possibilidades de otimização.

Com ajustes pontuais ao longo da campanha, surge uma potencialização do retorno sobre investimento (ROI).

Tenha a ajuda de um time especializado

Apesar de essa ferramenta ter sido planejada para ser usada de maneira simples, ela exige otimizações e boas decisões. Ainda que você seja o maior interessado no sucesso das campanhas, vale a pena considerar um auxílio especializado.

Por isso, convém a contratação de um time especializado. Com a ajuda de uma agência de marketing digital, sua marca terá a oportunidade de fazer campanhas mais efetivas.

A segmentação pelo Facebook Lookalike Ads, inclusive, será favorecida. Também será possível acompanhar melhor os resultados e definir o que tem dado certo. Que tal elevar o patamar e alcançar novos níveis com esse recurso?

Que tal começar a veicular Facebook Lookalike Ads?

Então, agora que você já conhece as características e os benefícios dos Facebook lookalike ads, está na hora de planejar a forma como você utilizará esse recurso.

O Lookalike do Facebook Ads deve se encaixar ao restante do seu planejamento de marketing para ajudar sua marca a atingir os objetivos.

Portanto, lembre-se de se atualizar em relação ao perfil do seu público. O seu segmento pode se transformar com o tempo, o que causa um impacto nos seus negócios.

Portanto, é essencial realizar levantamentos periódicos para avaliar o perfil da audiência, que tem contato com seu conteúdo e se torna cliente.

Utilizar os Facebook Lookalike Ads é uma forma certeira de garantir que a audiência impactada pelas suas campanhas de mídia tenham total identificação com os seus objetivos. Tome a decisão certa para equilibrar os seus investimentos e melhorar os seus retornos.

Aproveitando que o assunto é Facebook, nos siga nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades: Instagram, Facebook, YouTube, LinkedIn e TikTok!

Posts Relacionados