Google Bert: entenda os efeitos do novo algoritmo do Google no SEO

Matheus Bernardo

Matheus Bernardo

3 minutos de leitura

Foi-se o tempo em que quando as pessoas procuravam por algum tipo de serviço ou produto, elas recorriam às listas telefônicas. Mas, hoje, quando temos uma dúvida, basta utilizar nossos smartphones ou computadores para realizar uma pesquisa no Google. Por isso, é importante entender as atualizações do algoritmo, como o Google Bert.

Com ele, é possível obter qualquer tipo de informação em poucos segundos, assim a ferramenta já faz parte da vida das pessoas.

Então, é natural que ocorra disputa entre as empresas, com o objetivo de serem vistas pelos seus possíveis clientes, afinal, “quem não é visto, não é lembrado”. 

É por existir essa alta disputa pelas melhores posições nos mecanismos de pesquisa, que todos os anos o Google lança o seu guia de melhores práticas para serem aplicadas no seu site, de modo a fazer com que o site seja visto com bons olhos e, consequentemente, alcance as melhores posições na busca orgânica.

Neste artigo veremos a abordagem da nova atualização chamada Google Bert. Boa leitura!

O que é Google Bert?

Esse conjunto de técnicas e estratégias recebe o nome de Search Engine Optimization (SEO), e caso sua empresa ainda não esteja aplicando elas no seu site, provavelmente você está perdendo uma grande chance de gerar mais negócios.

Google lança anualmente, um guia de boas práticas a serem aplicadas. Além disso, ele realiza inúmeras atualizações no seu algoritmo. Entre essas atualizações, uma das mais importantes foi o Google Bert — mas afinal, do que se trata essa atualização?

O Google Bert chegou para revolucionar as buscas feitas na internet. Apesar do motor de busca utilizar tecnologias de indexação, essa atualização fez com que o Google entendesse melhor a intenção de busca das pessoas, compreendendo:

  • gírias;
  • sinônimos;
  • erros de português. 

É como se você estivesse falando com um ser humano, que entende o que você procura e entrega os melhores resultados, incrível, não é mesmo?

Como o Google Bert funciona?

O BERT é o acrônimo para Bidirectional Encoder Representations from Transformers, que pode ser traduzido como representações de codificador bidirecional de transformadores.

Diferente de outros sistemas que trabalham de forma unidirecional, ou seja, só podem fazer a compreensão de um lado, o BERT tem bidirecionalidade. Ou seja, ele é capaz de ler e compreender o contexto dos termos que estão presentes na esquerda e direita do texto. 

E-book SEO onpage

Isso faz com que ele tenha uma compreensão mais assertiva quanto à intenção de busca do usuário.

Afinal, quais serão seus efeitos no Marketing Digital?

Nos primórdios do Google, quando realizávamos pesquisas por termos como, por exemplo, “tênis nike”, o algoritmo ainda não era capaz de entender o que o usuário estava procurando ao usar esses termos. Por isso, era comum se deparar com artigos falando sobre os melhores tênis da Nike.

No entanto, com o avanço do algoritmo, ele é capaz de compreender e exibir para o usuário, exatamente os melhores conteúdos. Por exemplo, se você procurar por “banco Itaú”, o algoritmo vai pegar a sua localização atual, e exibir as agências do Itaú próximas a você, além de mostrar a página de acesso ao internet banking do Itaú.

Portanto, agora mais do que nunca, o Google é capaz de entregar os melhores resultados aos usuários, com base na sua intenção de busca.

Como adequar um site ao Google Bert?

Essa é uma das principais dúvidas dos administradores de site, e a resposta é muito simples: não tem muito o que se possa fazer. Como falamos ao longo do artigo, essa atualização tem o objetivo de entregar aos usuários os melhores resultados, com base nas intenções de busca.

Se após essa atualização as suas páginas perderem posições no Google, isso indica que elas não estavam respondendo aos questionamentos que os usuários estavam buscando.

Portanto, a dica de ouro é a seguinte: escreva os seus conteúdos para os usuários, e não para o BERT. Tendo em mente que você precisa responder aos questionamentos do usuário, fica mais fácil produzir e atualizar os seus conteúdos. Lógico, sempre pensando nas intenções de busca dos mesmos, e não como uma forma de agradar o algoritmo do Google.

Uma outra dica legal é priorizar a escaneabilidade do seu texto. Ela se refere à facilidade de leitura do seu conteúdo por parte do usuário. Então, ao produzir os seus conteúdos, não utilize parágrafos muito longos, mas sim intertítulos, e também use bullet points

Esses recursos facilitam a leitura para o usuário, e não fazem com que o seu conteúdo seja visto como um conteúdo maçante para acessar.

Com algumas dicas, também é possível alcançar a primeira página do Google. Confira!

Espero que você tenha gostado, e que as nossas informações tenham ajudado a entender mais sobre o Google Bert.

E que tal saber mais sobre o assunto? Basta ler o nosso artigo sobre como funciona o algoritmo do Google!

Posts Relacionados